Fonte: OpenWeather

    Bizarro


    Adolescente injeta mercúrio na veia na tentativa virar um X-men; veja

    O adolescente admitiu ter se inspirado no longa X-Men Origens: Wolverine (2009)

     

    Um exame psiquiátrico revelou "injeção subcutânea intencional de mercúrio", por pelo menos três vezes na área dos ferimentos
    Um exame psiquiátrico revelou "injeção subcutânea intencional de mercúrio", por pelo menos três vezes na área dos ferimentos | Foto: Reprodução

    Um adolescente com 15 anos de idade injetou mercúrio nas veias, inspirado na "Gênese de Wolverine", em X-men.

    O caso, considerado raro, foi relatado por médicos indianos ao Centro Nacional de Informações sobre Biotecnologia (NCBI, na sigla em inglês).

      De acordo com o documento, o garoto não identificado chegou ao hospital com feridas múltiplas não cicatrizadas no antebraço esquerdo.  

    Como o trauma indicava a inserção de objeto pontiagudo na região, a equipe médica suspeitou de abuso de substância ilícita pelo rapaz.

    No entanto, um exame psiquiátrico revelou "injeção subcutânea intencional de mercúrio", por pelo menos três vezes na área dos ferimentos. O metal teria sido obtido após a quebra de um termômetro e de um medidor de pressão.

    O adolescente admitiu ter se inspirado no longa X-Men Origens: Wolverine (2009), no qual o personagem principal tem o esqueleto revestido por uma liga de metal indestrutível.

     

    O adolescente queria ser um X-men
    O adolescente queria ser um X-men | Foto: Reprodução

    Ao mesmo tempo, ele esperava simular o personagem Mercúrio, que nada tem a ver com ligas metálicas — talvez a ideia fosse se apropriar do nome desse e mesclar com a origem do outro, vai saber.

    "Curiosamente, ele tinha um histórico de múltiplas picadas de aranhas para simular o Homem-Aranha", descreve relatório do caso.

    Apesar dos danos causados aos vasos sanguíneos, o paciente teve lesões cortadas por cirurgiões e recebeu enxertos de pele na região afetada.

    Felizmente, o jovem deve se recuperar totalmente do trauma, uma vez que "não desenvolveu sinais clínicos de intoxicação crônica", garante o estudo.

    R7*

    Leia mais:

    Yonami é o primeiro amazonense a ser contratado pela Marvel

    Inspiradas em heróis, Marvel lança chuteiras personalizadas