Fonte: OpenWeather

    Exemplo negativo


    Fisiculturista morre após se negar a tomar vacina contra Covid-19

    John Eyers, de 42 anos, acreditava que nada lhe aconteceria por ser sarado

     

    John Eyers, de 42 anos, morador de Southport (Inglaterra), não achava que precisava ser vacinado.
    John Eyers, de 42 anos, morador de Southport (Inglaterra), não achava que precisava ser vacinado. | Foto: Divulgação

    Uma mulher compartilhou recentemente a última mensagem que o seu irmão gêmeo, que era fisiculturista e obcecado pelo mundo fitness, enviou a ela antes de morrer de Covid-19, tendo recusado se imunizar.

    John Eyers, de 42 anos, morador de Southport, na Inglaterra, não achava que precisava ser vacinado contra o vírus porque estava em forma e saudável, acreditando que só sofreria de uma doença leve, caso fosse infectado.

      Jenny McCann revelou a trágica mensagem final que ele enviou enquanto estava no hospital, implorando para que ela não deixasse os médicos desistirem dele.  

    A família ficou chocada quando John, que tinha um filho, foi levado a um hospital britânico e morreu quatro semanas depois.

    Em entrevista ao The Guardian, Jenny explicou como falou com o irmão gêmeo, que também era um grande alpinista, antes de ser sedado, e disse que o amava.

    Em sua última mensagem para sua irmã, em 27 de julho, John disse: "Não os deixe desistir de mim."

    John contraiu uma nova infecção enquanto estava no hospital e seus órgãos começaram a falhar. A sua irmã o descrevia como a pessoa "mais apta" e "mais saudável" que ela conhecia.

    "O único problema de saúde pré-existente que ele tinha era a crença na própria imortalidade", lamentou a britânica, que se vacinou contra a Covid-19.

    * Com reprodução do Extra

    Leia mais: 

    Mega vacinação contra Covid-19 é realizada no Amazonas

    Amazonas já aplicou mais de 5 milhões de doses da vacina contra Covid

    Intervalo para dose de reforço da vacina contra Covid é reduzido no AM