Fonte: OpenWeather

    Caso Isabella


    Justiça concede regime semiaberto a Alexandre Nardoni

    A madrasta de Isabella Nardoni, Anna Carolina Jatobá, está em regime semiaberto desde outubro de 2017

    Alexandre Nardoni foi condenado pela morte da filha
    Alexandre Nardoni foi condenado pela morte da filha | Foto: Divulgação

    São Paulo - Alexandre Nardoni, preso há 11 anos pelo assassinato da filha, Isabella Nardoni, cumprirá a pena em regime semiaberto. A decisão foi expedida pela juíza Sueli Zeraik, da 1ª Vara de Execuções Criminais (VEC) de Taubaté (SP) nesta terça-feira (30). Os detalhes não foram fornecidos já que o processo corre em segredo de Justiça. 

    Com a progressão para o regime semiaberto, Nardoni pode ter o direito de trabalhar fora ou fazer cursos durante o dia e retornar para a cela, à noite. Além de ser contemplado com as saídas temporárias. São até cinco saídas prolongadas no decorrer do ano.

    Alexandre Nardoni pleiteava o regime mais brando desde setembro de 2018. O Ministério Público pretende recorrer da decisão. 

    Avaliação

    A juíza considerou na decisão que o detento tem comportamento carcerário considerado ótimo. Além disso, também ponderou sobre os vínculos familiares estruturados dele e os planos para o futuro com retomada gradual da vida pessoal, profissional e familiar.

     Nardoni já cumpriu o lapso temporal (dois quintos da pena) correspondente a 634 dias, de acordo com a magistrada. 

    A madrasta de Isabella Nardoni, Anna Carolina Jatobá, está em regime semiaberto desde outubro de 2017. Na época, a juíza concedeu a progressão devido ao bom comportamento da detenta. 

    O caso

    O casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá foi condenado por jogar do sexto andar de um prédio na Zona Norte de São Paulo, na noite de 29 de março de 2008. O caso gerou grande comoção no país. Isabella Nardoni era filha de Alexandre de um relacionamento anterior e na época tinha cinco anos de idade.

    Pelo crime, o pai da menina foi condenado a 30 anos de reclusão. Já a madrasta, a 26 anos. Ambos negam o assassinato que completou dez anos em 2018. 

    Leia Mais  

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Suzane Richthofen e milhares de presos em liberdade para Dia dos Pais

    Suzane Richthofen e Anna Jatobá passarão o Dia das Mães em casa