Fronteira


Após reabertura de fronteira, venezuelanos entram no Brasil

A fronteira tinha sido fechada em fevereiro por decisão do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

A reabertura da fronteira entre Brasil e Venezuela levou milhares de cidadãos do país vizinho a procurar a cidade de Pacaraima, em Roraima, para comprar remédios e mantimentos ou para solicitar refúgio, informaram neste sábado fontes oficiais brasileiras.

A fronteira tinha sido fechada em fevereiro por decisão do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, que com essa ordem impediu a passagem da ajuda humanitária que entraria de vários governos, entre eles o do Brasil, que reconhecem Juan Guaidó, chefe da Assembleia Nacional, como o líder "legítimo".

A passagem da fronteira foi reaberta ontem, também por decisão de Maduro, que do mesmo modo restabeleceu a comunicação marítima e aérea com a Aruba, mas não com a Colômbia e outros países.

Leia mais

Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

Vice-ministro anuncia reabertura da fronteira entre Brasil e Venezuela

Guaidó pede ação e diz que Maduro ultrapassou 'linhas vermelhas'