Fonte: OpenWeather

    briga


    Passageiro leva tapa na cara e esfaqueia agressor dentro de ônibus

    O homem estaria dormindo, quando acordou com o barulho sonoro de fotos no celular e foi o suficiente para iniciar a briga

    As cenas mostram que o homem não se intimidou ao usar a faca | Foto: Divulgação

    Um vídeo que flagra um homem esfaqueando outro, dentro de um ônibus coletivo, esta circulando nas redes sociais esta semana. Segundo passageiros, durante uma viagem, o autor das facadas dormia quando foi acordado pelo barulho de câmeras fotográficas. O homem sonolento foi tirar satisfação com o "fotógrafo", o que ele não contava era que o homem estava armado com uma faca.

    O crime aconteceu no último domingo (10), Dia das Mães, dentro de um ônibus do transporte público. Não há informações exatas sobre a região, onde o vídeo foi gravado.

    De acordo com os passageiros que gravaram o vídeo, o fotografo queria apenas tirar foto de uma garrafa de bebida que estaria levando para casa para celebrar o dia das mães.

    O passageiro havia saído do trabalho e estava conversando ao telefone com alguém sobre o presente, quando foi surpreendido com queixas e um tapa na cara. Revoltado, o homem disse: "Ninguém nunca bateu na minha cara".

    Apos isso, o passageiro retira uma faca da mochila e golpeia o agressor em várias partes do corpo. A confusão causou um pânico em todos, os funcionários da empresa União Transporte, tiveram que se meter na briga e apartar os homens. Na situação, o policial que estava sem farda viu o que estava acontecendo e interferiu para evitar o pior.

    Assista ao vídeo:

    O ônibus ficou com marcas de sangue da vítima | Autor: Redes sociais
     

    Muito ensanguentado, o homem - que havia começado a briga - ficou dentro do ônibus enquanto o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) era acionado.  Enquanto isso, é possível ouvir no vídeo as pessoas defendendo o homem que portava uma arma branca.

    "Vai mexer com quem não conhece". "Este homem não fez nada". "Coração dos outros é terra que ninguém conhece".

    A tentativa de homicídio deve ser investigada pela Polícia Civil.