Fonte: OpenWeather

    Investigação


    Família de modelo baleada não acredita na versão dada pelo delegado

    Priscila morreu após ser atingida no peito, enquanto Paulo está internado se recuperando dos disparos pelo corpo

    | Autor:

    A família da jovem não acredita na versão dada pelo delegado
    A família da jovem não acredita na versão dada pelo delegado | Foto: Divulgação

    Uma semana após a morte da modelo Priscila Delgado, de 27 anos, o crime ainda é um mistério para a polícia e familiares da vítima. Ela morreu após ser baleada no peito no apartamento do namorado, Paulo Bilynskyj, em São Bernardo do Campo, ABC Paulista, no último dia 20.

    A família da jovem não acredita na versão dada pelo delegado, de que ela atirou nele para tentar matá-lo e depois se suicidou. 

    Paulo, de 33, está internado e ainda não prestou esclarecimentos à polícia. Ele foi baleado na mão, fígado, tórax e bacia.

    Veja reportagem