Fonte: OpenWeather

    Julgamento


    Acusado de estuprar e matar a tia vai a julgamento um ano após o crime

    Ele a matou com um golpe de faca de serra no pescoço

    Dia em que a vítima foi morta em casa | Foto: Nova News

    Vai a julgamento no dia 16 de julho, Matheus Nucci, de 24 anos, acusado de estuprar e matar a tia Lúcia Maria Bezerra dos Santos, de 64 anos. O crime aconteceu em 19 de julho em Nova Andradina, cidade distante 297 quilômetros de Campo Grande.

    O julgamento está marcado para começar às 8h30 do dia 16, quase um ano após o crime. Conforme o site Nova News, naquele dia 19 o rapaz estuprou a idosa e a obrigou a cometer atos libidinosos. Em determinado momento, ela o reconheceu. Foi então que o rapaz pegou uma faca de serra e a atingiu na garganta.

    A vítima morreu em seguida e o rapaz pulou o muro, fugindo da casa. Ele ainda jogou a faca em um córrego e as roupas que usava em uma fossa, na casa de um familiar. O caso foi investigado na época pela Delegacia de Atendimento à Mulher e SIG (Setor de Investigações Gerais).

    A partir daí a polícia chegou até o rapaz, que foi preso em 25 de julho, na casa da namorada. Com isso, o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) fez a denúncia contra o acusado por estupro e homicídio qualificado. Por causa da pandemia do coronavírus, o julgamento acontecerá por videoconferência e será por tribunal do júri, tomadas medidas para prevenir o risco de contágio.

    Também não será permitida participação de público.

    Leia mais: 

    Adolescente pode ter caído em emboscada 

    Amigo que levou Lenita para a morte faz revelações à polícia 

    Criança de 8 anos é estuprada por 'amigo da família' em Manaus