Fonte: OpenWeather

    Golpe


    Golpe do saque emergencial do FGTS já enganou 100 mil pessoas

    Saiba como se proteger e não ter dados pessoais roubados por criminosos

    O golpe já vitimou 100 mil pessoas
    O golpe já vitimou 100 mil pessoas | Foto: Divulgação

    O laboratório especializado em segurança digital da PSafe descobriu que um golpe, que promete Saque Emergencial do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS), já vitimou cerca de R$ 100 mil pessoas até quarta-feira (1°). Links maliciosos que circulam no WhatsApp, que prometem saques do benefício de até R$ 1.045, estão sendo utilizados como forma de roubar dados pessoais de vítimas. Como o FGTS, passou a ser liberado no início desta semana, o golpe é aproveitado por golpistas. 

    O golpe já havia sido alertado pelo dfndr lab no mês passado e segue o mesmo modos operandi de outros esquemas já identificados como o golpe do Auxílio Emergencial, golpe do Super Almanaque da Mônica grátis, que juntos já fizeram mais de 7 milhões de vítimas. 

    No acesso ao link enviado na mensagem do suposto saque, a vítima é redirecionada a uma página onde deve informar dados pessoais. Esse site simula da interface do facebook e aparecem comentários com o nome da Caixa Econômica Federal com orientações sobre como obter o benefício. 

    O diretor da PSafe Emilio Simoni  alerta quanto aos prejuízos causados pelo golpe, principalmente porque a vítima fornece informações pessoais aos criminosos, ficando "vulnerável ao vazamento dessas informações pessoais, que podem ser usadas pelo cibercriminoso para realizar a assinatura de serviços online e até para abrir contas em bancos com os dados roubados."

    Vítimas que caem neste golpe acabam atraindo mais pessoas, pois na finalização do cadastro do site falso é necessário compartilhar o link malicioso com outros contatos. Devido a isso, o golpe ganha grandes proporções nas redes sociais, principalmente no WhatsApp, conforme afirma Simoni.

    Saiba como se proteger do golpe 

    As redes sociais são os principais canais de disseminação de golpes, devido a facilidade compartilhamento da informação. Desconfie de links recebidos em aplicativos de mensagens e sempre pesquise para confirmar a veracidade das informações recebidas antes de fornecer dados pessoais em sites suspeitos.

    Soluções de segurança utilizada no celular também são capazes de oferecer proteção para o dispositivo em tempo real.