Fonte: OpenWeather

    São Paulo


    Policial pisa no pescoço e quebra perna de mulher negra de 51 anos

    'Quanto mais eu me debatia, mais ele apertava a botina no meu pescoço', disse a comerciante

    A abordagem começou por conta do som alto do carro de um dos clientes do estabelecimento
    A abordagem começou por conta do som alto do carro de um dos clientes do estabelecimento | Foto: Divulgação

    São Paulo - Em mais um episódio de violência policial, imagens reveladas pelo programa "Fantástico" mostram um policial militar de São Paulo pisando no pescoço de uma mulher negra de 51 anos, que já estava rendida e deitada no chão. O caso aconteceu em Parelheiros, na Zona Sul de São Paulo, no dia 30 de maio.

    A comerciante, que trabalhava em um estabelecimento em frente onde a abordagem ocorreu, também foi arrastada pelo chão e teve a perna quebrada por um dos policiais. 

    A abordagem começou por conta do som alto do carro de um dos clientes do estabelecimento. "Eu pedi que ele abaixasse um pouco o som e fiquei dentro do bar atendendo. A rua é pública e a gente não tem como controlar", afirmou a mulher.

    No vídeo, é possível ver os policiais usando a força com outras pessoas já rendidas e a mulher grita para eles pararem de machucá-los. Em seguida, ela é imobilizada. "Quanto mais eu me debatia, mais ele apertava a botina no meu pescoço", disse ela, na entrevista ao programa.

    A polícia de São Paulo informou que o caso será investigado e que, enquanto isso, os policiais serão afastados. No Twitter, o governador do Estado, João Doria, afirmou que a conduta dos policiais é "inaceitável" e que as imagens causam "repulsa".

    Veja o vídeo:


    Leia mais: 

    Repórter lamenta demissão e diz: 'Não sou e nem fui homofóbico'

    Trump aparece pela primeira vez em público usando máscara

    Neta é filmada gritando e agredindo avó de 90 anos