Fonte: OpenWeather

    Sábado animado


    Bolsonaro anda de moto e visita deputada Bia Kicis em Brasília

    Depois de receber o resultado negativo do teste de Covid-19, o presidente resolveu dar um passeio de moto

    Nas redes sociais, Bia Kicis postou uma foto ao lado do presidente e familiares | Foto: Jorge William

    Brasil - Depois de três semanas confinado no Palácio do Alvorada em tratamento contra o coronavirus, o presidente Jair Bolsonaro finalmente pôde sair e dar um passeio pela cidade de Brasília neste sábado (25), depois de receber o resultado negativo para a doença. Bolsonaro saiu pilotando uma motocicleta, escoltado por carros de sua segurança, e foi em direção à casa da deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), na região norte da cidade. Antes de chegar na casa da deputada, ele ainda passou em uma concessionária para fazer a revisão do veículo.

    Nas redes sociais, Bia Kicis postou uma foto ao lado do presidente e familiares. "Comecei o dia com a visita surpresa do presidente Jair Bolsonaro em minha casa. Um gesto que simboliza os laços de amizade e alinhamento que nos unem e que seguem firmes. Apreciei muito essa surpresa", escreveu.

    Na última quarta-feira (22/7), o presidente Jair Bolsonaro solicitou a dispensa de Bia Kicis da vice-liderança do governo na Câmara dos Deputados, após ela ser uma das parlamentares a votarem contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que tornou o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) uma política permanente. 

    Após a visita, o presidente retornou ao Palácio do Alvorada e se encontrou com motociclistas que vieram de várias partes do país. Ele conversou e cumprimentou os apoiadores, além posar para fotos.

    Teste negativo

    Pela manhã, Bolsonaro anunciou que o resultado de um novo teste para a covid-19 deu negativo. Ele foi diagnosticado com a doença no último dia 7 e estava mantendo o isolamento na residência oficial. 

    Leia mais

    Indígenas culpam Bolsonaro pelas mortes de parentes com Covid-19

    Com Covid-19, Bolsonaro passeia e conversa sem máscara com garis