Aborto


Feto de criança vítima de estupro é removido em Recife

Menina tem 10 anos e viajou para outro Estado para fazer o procedimento, após engravidar devido a estupro praticado pelo tio de 33 anos que ainda está foragido

Menina sofria abusos sexuais  desde os 6 anos de idade
Menina sofria abusos sexuais desde os 6 anos de idade | Foto: Divulgação

Manaus –  A menina de 10 anos, que estava grávida, teve o feto expelido nesta segunda-feira (17). O procedimento teve o seu início na noite de domingo (16), no Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), em Recife. A vítima de estupro mora na cidade de São Mateus, a 220 km de Vitória, capital do Espírito Santo, mas teve que viajar para fazer o processo, pois, o Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes, em Vitória, se recusou a fazer o aborto, mesmo com a autorização judicial.

Segundo a Polícia Civil local, a menina era vítima de estupros há 4 anos e o tio de 33 anos, que está foragido, é suspeito dos abusos. A investigação do caso começou no dia 8 de agosto, quando a criança foi atendida em um hospital público com suspeita de gravidez. 

A coordenadora de enfermagem do Cisam, Benita Spinelli, explicou que o feto já foi expelido, porém, precisa verificar se não ficou vestígio. Caso necessário, será feita a curetagem para a completa remoção. Até o momento, a menina passa bem.

Na noite de domingo, manifestantes contra o aborto protestaram em frente ao hospital, mas na manhã desta segunda-feira, houve manifestações.  

 Leia mais:

Grávida com Covid-19 denuncia negligência em maternidade de Manaus

Suspeito de tocar em partes íntimas de adolescente é preso em Manaus

Apenados do sistema prisional do AM fazem curso profissionalizante