Fonte: OpenWeather

    Geração de Emprego


    Carteira Verde e Amarela: projeto terá mudanças no sistema trabalhista

    Projeto do Governo Federal altera formas de contratação no mercado de trabalho e beneficia as empresas

    Projeto do Governo Federal altera formas de contratação no mercado de trabalho | Foto: Reprodução

    Brasil - O sistema trabalhista mudou e com ele a nova carteira de trabalho também. Antes de cor azul, a carteira ganhou novas cores e leva o verde e amarelo remetendo a bandeira do Brasil. Os brasileiros que almejam encontrar um emprego a partir de 2021 devem ficar atentos, pois com a validação do projeto Carteira Verde e Amarela, as formas de contratações, normas e benefícios trabalhistas serão revolucionados.

    A proposta, ainda em finalização de seu texto, deverá ser apresentada nos próximos dias e promete, entre outras coisas, alterações no FGTS e sistema previdenciário.   

    Desenvolvida com a finalidade de desburocratizar as contratações de trabalho, a Carteira Verde e Amarela funcionará como uma espécie de facilitador para os empresários. De um modo geral, ela permitirá que mais empregos sejam gerados, mediante a facilitação e redução de benefícios trabalhistas como o FGTS, 13º salário, férias, entre outros.  

    Segundo o presidente Jair Bolsonaro, o projeto deseja ampliar o número de cidadãos empregados em todo o território nacional, mas para isso precisará fazer reajustes tornando as contratações uma situação benéfica para as empresas.

    Essa relação de ‘facilitação’ ao empresariado vem sendo fortemente criticada na imprensa, mas ainda assim o governo deu continuidade a pauta.

    Leia mais: 

    Flávio Bolsonaro é diagnosticado com a Covid-19

    Banco do Brasil renegocia mais de R$ 7 milhões em dívidas por WhatsApp

    Caixa paga auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família