Ataque


Vídeo mostra cobra que picou médica em cachoeira após ataque

Um funcionário do parque conseguiu gravar um vídeo da cobra. O animal estava em uma rocha perto da água

| Autor:
 

No dia 30 de agosto, a médica Dieynne Saugo, de 33 anos,estava tomando banho na Cachoeira Serra Azul, em Nobres, a 151 km de Cuiabá quando foi picada por uma cobra jararaca.

Minutos após a picada, um funcionário do parque conseguiu gravar um vídeo da cobra que picou Dieynne. O animal estava em uma rocha perto da água. 

A médica precisou passar por duas cirurgias e ficou 8 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Cuiabá e, depois, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para onde foi transferida.

De acordo com o biólogo especialista em animais peçonhentos Luiz Eduardo Saragiotto, o réptil não é comum em ambientes assim.

| Foto: Divulgação

“Na verdade, o animal não tem o habito de ficar em locais tão úmidos. Muito provavelmente ele foi atrás de uma fonte de alimento e estava ali de passagem.”

O especialista também listou o que deve ser feito em caso de uma picada de cobra:

“O que pode ser feito no momento da picada é lavar o local com água e sabão, se for possível. Aplicar gelo. Deixar o membro afetado inclinado para cima e a vítima deve fazer o mínimo possível de movimento. É preciso ir o quanto antes para o hospital”.

Leia mais: 

Cobra sobe até 4º andar de prédio e assusta moradores

Vídeo: cobra é capturada e arrastada por população após comer veado

Vídeo: jovens encontram ninho de cobras dentro de colchão