Educação


Professor manda foto nu 'por engano' a alunos do 7º ano e é afastado

Professor manda foto nu 'por engano' a alunos do 7º ano; caso é investigado

De acordo com a Secretaria, o docente será afastado até o esclarecimento do caso.
De acordo com a Secretaria, o docente será afastado até o esclarecimento do caso. | Foto: Divulgação

Campinas - Um Professor de artes de uma escola estadual mandou uma foto nu a grupo de alunos para  quem leciona, na cidade de Campinas, interior de São Paulo. A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo apura a conduta do educador.

Os alunos são do 7º ano do Ensino Fundamental. O caso aconteceu na quinta-feira (15). De acordo com a Secretaria, o docente será afastado até o esclarecimento do caso.

Segundo um boletim de ocorrência registrado pela mãe de uma aluna o grupo no WhatsApp foi criado pelos alunos para postar atividades da matéria.

A mãe disse ainda que o docente estaria se aposentando e, na quarta-feira, despediu-se dos alunos e disse que daria aulas até o fim deste mês. Também afirmou que foi um prazer "atuar um pouquinho na história de vocês, dentro ou fora da arte" e disse que deixou uma pasta com atividades.

Já na manhã desta quinta, às 7h43, enviou uma sequência de mensagens com os dizeres: "Professor é natu, professor é rismo, professor é naturismo".

Em seguida, mandou uma foto em que aparece nu e segura um copo de leite com achocolatado. "Bom dia pelados, com achocolatado gelado e corpo pelado", diz a mensagem.

1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Campinas investiga o caso
1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Campinas investiga o caso | Foto: Luciano Califiori

Pais dos alunos

Os pais das crianças estão indignados, alegando que os filhos estão "em choque". O homem afirma que enviou a foto por engano "ao grupo errado".

A mãe de uma aluna, que pediu para não ser identificada, contou que a filha, que estuda na Escola Estadual Gustavo Marcondes, no bairro Taquaral, foi surpreendida ao ver no grupo mensagens consideradas 'estranhas' do professor de artes.

O docente A. G. enviou, às 7h45, três mensagens fazendo referências ao naturismo (prática em que as pessoas ficam nuas), e na sequência uma foto em que aparece nu segurando um copo de achocolatado com a frase: "bom dia, pelados. Com achocolatado gelado e corpo pelado. Ótimo dia de chuva a todos. Beijos, pelados".

Professor

A. G. disse, em uma nota enviada à imprensa, que pratica naturismo há aproximadamente 15 anos e que enviou a mensagem para o grupo errado.

Ele contou que avisou a coordenação da escola assim que percebeu o que tinha acontecido e finalizou propondo um debate sobre a situação.

Nota da Secretaria

Em nota, a Secretaria de Educação confirmou que vai abrir processo disciplinar para apurar o caso.

"A Diretoria Regional de Ensino informa que assim que tomou conhecimento do caso, abriu um processo de apuração e o docente será afastado de sua função.A DRE está à disposição dos pais e responsáveis pelos alunos para quaisquer esclarecimentos", informou