Clima e Temo


Sudeste brasileiro terá efeitos de formação de ciclone na quinta

De acordo com as previsões, a chuva será forte e acompanhada de rajadas intensas de vento no Rio de Janeiro, zona da mata de Minas Gerais e centro-sul do Espírito Santo

Os ventos soprarão com intensidade  no Rio de Janeiro e Espírito Santo
Os ventos soprarão com intensidade no Rio de Janeiro e Espírito Santo | Foto: Agência Brasil

Rio de Janeiro - No dia 19, próxima quinta-feira, a formação de uma área de baixa pressão associada à frente fria que avança pelo Sudeste irá avançar.  Essa área de baixa pressão vai se formar no litoral do Rio de Janeiro e Espírito Santo, provocando temporais, com chuva e vento fortes. As informações são do Clima Tempo.

Alerta de chuva forte

O sistema de baixa pressão favorece a formação de nuvens carregadas que, juntamente com a passagem da frente fria, provoca muita chuva no Rio de Janeiro, zona da mata mineira e no centro-sul do Espírito Santo entre os dias 18 e 20 de novembro.

De acordo com as previsões, a chuva será forte e acompanhada de rajadas intensas de vento.

Ventania

Com a presença da área de baixa pressão o vento também soprará com intensidade no Rio de Janeiro e no Espírito Santo entre os dias entre os dias 19 e 20 de novembro, quinta e sexta-feira desta semana, com rajadas entre 80 e 100km/h na faixa litorânea entre o norte do Rio de Janeiro e sul do Espírito Santo.

Nas demais áreas do Rio de Janeiro, na zona da mata mineira e no sul do Espírito Santo, as rajadas de vento ficam entre 60 e 80km/h.

Ciclogênese - formação de ciclone extratropical

Na sexta-feira (20), a área de baixa pressão se afastará da costa e dá origem a um ciclone extratropical que atua no oceano ao largo do litoral capixaba e fluminense provocando vento moderado a forte nas praias do Espírito Santo, com rajadas entre 40 e 60km/h.

No litoral norte do Rio de Janeiro, previsão de rajadas de até 40km/h.

Ainda na sexta-feira e no decorrer do sábado (21), o ciclone extratropical se afastará do Brasil em direção à alto-mar e, no fim de semana, o vento diminuirá de intensidade.

Leia mais: www.emtempo.com.br/ultimas