Fonte: OpenWeather

    Caso Mari ferrer


    Juiz acusa Intercept de manipular vídeo de audiência de Mari Ferrer

    O juiz garantiu que em nenhum momento foi usado o termo 'estupro culposo' na sentença

    O juiz alega que o vídeo teria sido “propositalmente” editado e manipulado diversas vezes
    O juiz alega que o vídeo teria sido “propositalmente” editado e manipulado diversas vezes | Foto: Reprodução

    Rudson Marcos, juiz responsável pelo julgamento do empresário André de Camargo Aranha, que no qual foi acusado de estuprar a digital influencer Mariana Ferrer, pediu que a Corregedoria Geral de Justiça de Santa Catarina arquive a reclamação disciplinar apresentada contra ele.

    Em sua defesa, Rudson apontou possíveis edições no vídeo divulgado pelo site "The Intercept Brasil", em que Ferrer aparecer sendo humilhada pelo advogado de defesa do acusado.

    O julgamento ganhou repercussão nacional após a defesa alegar – e o juiz acatar o argumento – de “estupro culposo”, ou seja, quando não há intenção de cometer um crime. A tipificação, no entanto, não existe no Código Penal Brasileiro, por isso, a absolvição.

    Junto à Corregedoria, o juiz afirmou que em nenhum momento da sentença foi mencionada a expressão “estupro culposo”.

    Conforme o magistrado, o vídeo da audiência divulgado pelo The Intercept Brasil foi “altamente manipulado”, onde apresentou apenas pequenos recortes de duas audiências que, somadas, teriam cerca de 300 minutos de duração.

    Quanto a humilhação de Ferrer, o juiz disse que fez 37 intervenções durante as falas dos defensores públicos, do promotor e do advogado de defesa do réu.

    Na defesa, o magistrado também anexou o vídeo da audiência original e um parecer produzido pelo perito Wanderson Castilho, indicando que o vídeo teria sido “propositalmente” editado e manipulado diversas vezes.

    * Com informações de Metrópoles

    Leia mais: 

    Movimentos de Manaus organizam manifestação em favor de Mariana Ferrer

    Vídeo mostra advogado de denunciado por estupro humilhando Mari Ferrer

    Famosas se revoltam com sentença de caso Mariana Ferrer