Fonte: OpenWeather

    Racismo


    PMs que agrediram jovem negro em shopping são denunciados por racismo

    Para o Ministério Público, os oficiais suspeitaram que o entregador teria cometido um furto por causa de sua cor de pele

    | Foto: Divulgação

    Brasil - O Ministério Público concluiu que a agressão de um homem negro em um shopping do Rio de Janeiro, no início de agosto, foi motivada por racismo. O jovem foi seguido por dois policiais militares, que o retiraram do local e levaram até uma escadaria, onde o agrediram.

    ''Questão nitidamente preconceituosa, foi uma abordagem arbitrária, indevida, desproporcional, uma vez que a vítima estava com a nota fiscal em seu poder", diz o promotor de justiça Sauvei Lai.

    "Se fosse, talvez, uma vítima de cor branca e trajes caros, a abordagem teria sido diferente". Em depoimento à Polícia, os agentes alegaram que desconfiaram de Matheus porque ele usava um boné que faria referência a um traficante.

    Leia mais:

    Autor da facada no pescoço de homem em Manaus é adolescente, diz DEHS

    Em Manaus, homem é morto com facada no pescoço após bater em cachorro

    Vídeo: Tiago Ramos diz que foi esfaqueado na viagem com mãe de Neymar