Fonte: OpenWeather

    Auxílio Emergencial


    Urgente: Bolsonaro pode prorrogar auxílio emergencial

    'Eu acho que vai ter. Vai ter uma prorrogação', diz Bolsonaro sobre benefício

    A declaração do presidente ocorreu durante entrevista à TV Band | Foto: Divulgação

     O presidente do Brasil Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (8) que pode haver a prorrogação do auxílio emergencial, mas não deu detalhes de valor ou de duração. Foi a primeira vez que Bolsonaro revelou a volta do benefício, suspenso em dezembro, o que vinha negando desde o início do ano.

    A declaração do presidente ocorreu durante entrevista à TV Band. "Eu acho que vai ter. Vai ter uma prorrogação. Foram cinco meses de 600 reais e quatro meses de 300. O endividamento chegou na casa dos 300 bilhões. Isso tem um custo. O ideal é a economia voltar ao normal", disse Bolsonaro.

    O presidente voltou a tocar no assunto do endividamento do benefício e disse que é necessário se preocupar com o gasto público. O auxílio emergencial  beneficiou um total de 68 milhões de brasileiros em 2020, gerando um gasto de mais R$ 300 bilhões.

    Para compensar o fim do auxílio emergencial, a equipe econômica do governo analisa a criação do Benefício de Inclusão Produtiva. O projeto prevê a liberação do pagamento no valor de R$ 200 durante três meses para 30 milhões de brasileiros que não possuem carteira assinada e não são beneficiários do Bolsa Família.

    Leia Mais

    Bolsonaro afirma que negocia novo auxílio emergencial com ministérios