Fonte: OpenWeather

    LUTO


    Wilson Lima lamenta morte de Levy Fidelix, presidente do PRTB

    Conhecido por já ter sido candidato à presidência da República, Levy Fidelix morreu aos 69 anos. A causa não foi informada

    Político ficou conhecido por ideia de implantar aerotrem nas cidades brasileiras | Foto: Divulgação/PRTB

    Manaus - Na manhã deste sábado, Wilson Lima (PSC) lamentou a morte de Levy Fidelix, presidente do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), anunciada durante a madrugada (24). Em seu perfil no Twitter, o governador do Amazonas elogiou o legado de Fidelix e prestou suas condolências. 

    "Lamento profundamente o falecimento do fundador e presidente do PRTB, Levy Fidelix. Deixa um legado pautado em sua fé e integridade. Minha solidariedade aos familiares e amigos desse grande líder. Que Deus o receba com glória sem sua morada", escreveu Lima, em um tweet.

    A suspeita da morte já ocorria desde a noite de sexta, quando alguns jornais noticiaram o falecimento. No entanto, a confirmação oficial só veio durante a madrugada através de uma postagem no perfil de Levy Fidelix no Twitter. A causa do óbito não foi informada.

    Histórico

    Apresentador de televisão, professor universitário e publicitário, Fidelix concorreu à presidência da República nas eleições de 2014, 2010 e 1994. No ano passado, concorreu à prefeitura de São Paulo.

    Antes de criar o PRTB, Fidelix participou da fundação do Partido Liberal (PL), em 1986, quando se lançou na carreira política e disputou uma vaga na Câmara dos Deputados pelo estado de São Paulo. Depois, migrou para o Partido Trabalhista Renovador (PTR), quando também concorreu a um mandato de deputado federal, no início dos anos 1990.

    Uma das bandeiras mais conhecidas de Fidelix como candidato foi a implantação do aerotrem como solução para desaf

     

    Político ficou conhecido por ideia de implantar aerotrem nas cidades brasileiras
    Político ficou conhecido por ideia de implantar aerotrem nas cidades brasileiras | Foto: Divulgação/PRTB

    ogar o trânsito nas principais capitais brasileiras.

    *Com informações da Agência Brasil

    Leia mais:

    Bolsonaro inaugura nova etapa de centro de convenções em Manaus

    Derrame cerebral: o mal silencioso que ninguém vê