Fonte: OpenWeather

    Terrorismo


    Vídeo: Para evitar ataque, EUA detonam carro-bomba em Cabul

    O porta-voz afirmou que as forças americanas estão verificando a possibilidade de vítimas civis, mas, segundo ele, "não há indicações neste momento" a esse respeito

     

    Imagens registradas por redes de televisão e repórteres que fazem a cobertura da crise afegã mostram fumaça saindo de uma área residencial
    Imagens registradas por redes de televisão e repórteres que fazem a cobertura da crise afegã mostram fumaça saindo de uma área residencial | Foto: Reprodução da Internet

    CABUL (AFEGANISTÃO) -  Para impedir outro ataque em Cabul, no Afeganistão, os Estados Unidos da América (EUA) enviaram um drone das Forças Armadas para explodir um carro-bomba na manhã deste domingo (29).  A ameaça foi arquitetada pelo Estado Islâmico, segundo o Comando Central americano.

      De acordo com o órgão do Departamento de Defesa responsável por operações no Grande Oriente Médio e em parte da Ásia, o carro-bomba seria usado em um atentado na área do aeroporto de Cabul, que já foi atingido por explosões reivindicadas pelo grupo terrorista na quinta-feira (26).  

    A confirmação foi dada pelo capitão Bill Urban, porta-voz do Comando Central dos Estados Unidos, à rede de TV americana CNN. As Forças Armadas americanas realizaram hoje um ataque aéreo não tripulado para autodefesa a um veículo em Cabul, eliminando uma ameaça iminente do Estado Islâmico ao Aeroporto Internacional Hamad Karzai."Bill Urban, porta-voz do Comando Central dos EUA O porta-voz afirmou que as forças americanas estão verificando a possibilidade de vítimas civis, mas, segundo ele, "não há indicações neste momento" a esse respeito

      O porta-voz afirmou que as forças americanas estão verificando a possibilidade de vítimas civis, mas, segundo ele, "não há indicações neste momento" a esse respeito. Urban disse que foi registrada uma explosão secundária após o ataque com o drone, o que indica a presença de "uma quantidade substancial de material explosivo" no interior do veículo.  

    "Permanecemos atentos a possíveis ameaças futuras", declarou.

    Imagens registradas por redes de televisão e repórteres que fazem a cobertura da crise afegã mostram fumaça saindo de uma área residencial. Duas testemunhas disseram à agência de notícias Reuters que a explosão teria sido causada por um foguete que caiu no local. 

    Confira o vídeo:

    Capa do Vídeo
    | Autor:
     


    *Com reprodução do UOL

    Leia mais:

    Por que o Talibã não é nem de esquerda nem de direita

    Vídeo: explosão atinge aeroporto de Cabul em meio a ameaças de ataques

    Afeganistão: novo balanço indica pelo menos 95 mortos em explosões

    Comentários