Fonte: OpenWeather

    Vídeo causa revolta


    Vídeo: professor questiona aluna sobre estupro e gera revolta; entenda

    Ele questionou se ela gostaria de usar lubrificante quando fosse estuprada ou se preferia “no seco”

     

    O caso gerou revolta
    O caso gerou revolta | Foto: Reprodução

    Belém (PA)- Um vídeo que causou revolta na internet na noite desta quinta-feira (25) mostra um professor de medicina questionando uma aluna, durante a aula, se ela gostaria de usar lubrificante quando fosse estuprada ou se preferia “no seco”.

    O homem seria docente do Centro Universitário Metropolitano da Amazônia (Unifamaz) e da Universidade do Estado do Pará (Uepa), instituições com sede em Belém, no Pará.

    As imagens registram a frase sendo dita após o docente, que ensinava somente mulheres a fazer um processo de intubação em paciente, usando um boneco, questionar se a estudante havia lubrificado o tubo. Ela admite que não.

    Veja o vídeo:

    Capa do Vídeo
    | Autor: Reprodução
     


    Em vez de imediatamente explicar o que deveria ser feito e prosseguir a aula, o docente lança: “Quando a senhora for estuprada vai levar KY ou vai preferir no seco mesmo?”, disse.

    O caso foi denunciado pelo perfil no Twitter @tantotupiassu. O dono do tuíte conversou com a reportagem do Metrópoles e afirmou que a denúncia foi realizada anonimamente por uma pessoa que pediu para ter o nome resguardado.

    No post, o dono do perfil pediu que a Polícia Civil de Belém e o Ministério Público do Pará tomem providências contra o professor.

    *Metrópoles

    Leia mais: 

    Homem é preso por estuprar vizinha de 13 anos no Pará 

    Homem é assassinado após ser filmado beijando enteada de 6 anos 

    Grávida estuprada em hospital é ouvida em Audiência Pública