Fonte: OpenWeather

    RÉVEILLON


    Prefeitura do Rio de Janeiro cancela festa de Réveillon

    Ainda de acordo com Paes, até então o estado do Rio tinha outro posicionamento sobre a realização do Réveillon

     

    O anúncio ocorreu pelas redes sociais
    O anúncio ocorreu pelas redes sociais | Foto: Reprodução

    O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), anunciou neste sábado (4) o cancelamento das festas de Réveillon.

    Segundo ele, "respeitamos a ciência. Como são opiniões divergentes entre comitês científicos, vamos sempre ficar com a mais restritiva. O Comitê da prefeitura diz que pode. O do Estado diz que não. Então não pode. Vamos cancelar dessa forma a celebração oficial do réveillon do Rio".

    O anúncio ocorreu pelas redes sociais após casos da variante Ômicron da Covid-19 serem confirmados no Brasil.

      A festa de Réveillon no Rio é considerada a maior do mundo e foi cancelada pelo segundo ano consecutivo por causa da pandemia do coronavírus.  

    "Tomo a decisão com tristeza, mas não temos como organizar a celebração sem a garantia de todas as autoridades sanitárias. Infelizmente não temos como organizar uma festa dessa dimensão, em que temos muitos gastos e logística envolvidos, sem o mínimo de tempo para preparação", explica o prefeito.

    Ainda de acordo com Paes, até então o estado do Rio tinha outro posicionamento sobre a realização do Réveillon: "Se é esse o comando do Estado (não era isso o que vinha me dizendo o governador), vamos acatar. Espero poder estar em Copacabana abraçando a todos na passagem de 22 para 23. Vai fazer falta, mas o importante é que sigamos vacinando e salvando vidas".

    Leia mais:

    São Silvestre é mantida após cancelamento de Réveillon em SP 

    Manacapuru, no AM, cancela festa de Réveillon 

    Banda do Boulevard cancela edição de 2022