Fonte: OpenWeather

    Maus-tratos


    Guarda de supermercado é acusado de torturar e matar cachorro

    O animal, segundo testemunhas, circulava pela loja há algumas semanas e era alimentado pelos funcionários

    O animal foi ainda foi atendido por veterinário, mas não resistiu aos ferimentos | Foto: Reprodução /Internet

    Osasco - Um segurança de uma grande rede de supermercados está sendo acusado nas redes sociais de espancar e ferir a pauladas um cachorro na manhã da última quarta-feira (28). Na denúncia, feita pelas redes sociais, mostra imagens do animal sangrando pelo chão do estabelecimento até a morte. As informações são do site Correio Brasiliense.

    Conforme a denúncia, um laudo veterinário vai indicar a causa da morte do animal, que ainda tem a suspeita de ter sido envenenado pelo suposto agressor. De acordo com testemunhas, o profissional teria agido após uma ordem superior ter chegado a ele pedindo que o animal fosse retirado daquela localidade. 

    O cachorro, segundo testemunhas, circulava pela loja há algumas semanas e era, inclusive, alimentado pelos funcionários do estabelecimento, que fica localizada em Osasco,  São Paulo. 

    Resposta

    Em nota, a assessoria da rede de supermercados informou que repudia o ocorrido e qualquer tipo de maus-tratos. O segurança teria sido afastado preventivamente assim como todo o restante da equipe, que trabalhava no local no dia do ocorrido até que as investigações sejam realizadas.Confira a nota na íntegra.

    "A rede informa que repudia veementemente qualquer tipo de maus-tratos. Esclarece ainda que, preventivamente, afastou a equipe responsável pela segurança do local no dia da ocorrência até que a rigorosa apuração em curso seja concluída e as devidas providências adotadas. Reforça também que, assim que notou a presença do animal nas dependências da loja, o acolheu, oferecendo água e comida, até que a equipe do Centro de Controle de Zoonoses de Osasco chegasse ao local para o devido atendimento."

    Leia mais:

    ECOFestival sensibiliza sociedade para vida sustentável

    Parque do Mindu terá edição especial da Feira Urbana de Alternativas

    COP14: ministro defende o uso sustentável da Biodiversidade