Fonte: OpenWeather

    Absurdo


    Mãe flagra filha sendo sufocada por funcionária de creche

    Escola disse que tomaria uma atitude imediatamente, mas isso não aconteceu

    Uma mãe ficou espantada ao ver que a filha estava sendo sufocada
    Uma mãe ficou espantada ao ver que a filha estava sendo sufocada | Foto: Divulgação

    Uma mãe ficou espantada ao ver que a filha estava sendo sufocada pela professora da creche e resolveu fazer um depoimento. A mulher que mora em Oklahoma, nos Estados Unidos, entrou em contato com a mídia local para expressar como estava se sentindo.

    Ela não quis se identificar, mas disse que começou a reparar que alguma coisa estava errada quando percebeu que a filha começou a chegar com fome e ter muitos pesadelos durante à noite. Foi então que ela decidiu investigar o que estava acontecendo. E por isso, em uma tarde aleatória, a mulher abriu as câmeras de segurança pelo aplicativo do celular e viu a filha sendo sufocada.

    Segundo o KFOR, a mãe entrou em contato com a direção da creche, The Academy, e contou que viu uma professora usando um travesseiro para sufocar a menina de apenas 16 meses. A escola disse que tomaria uma atitude imediatamente, mas isso não aconteceu.

    “Ela quase manteve a mão na cabeça para mantê-la baixa. Checamos novamente depois da soneca e a professora voltou”, foi nessa hora que ela mandou o marido ir buscar a bebê. “Eu não consigo imaginar o que faria se perdesse minha filha por causa disso”, desabafou a mãe. E como a direção não fez o prometido, a família resolveu levar o caso até a polícia.

    Sangue na fralda

    A creche é só uma das opções encontradas pelos pais para pode deixar as crianças com algum responsável durante o dia. Acontece que uma mãe ficou extremamente preocupada quando ao pegar a filha em um CMEI de Cuiabá e ver que havia sangue na fralda da menina.

    Segundo o Jornal O Livre, assim que a mãe percebeu que a vagina da bebê estava toda vermelha por dentro e que tinha uma quantidade de sangue seco nos lábios vaginais da filha, ela correu para a delegacia e abriu uma denúncia contra a creche. Ela conta que a menina não esteve em nenhum outro lugar e teme que a filha tenha sido estuprada por algum funcionário.

    O caso aconteceu no último dia 3 de setembro, mas nem o nome dos envolvidos e nem a idade da bebê foram anunciados pela polícia. A única informação divulgada foi que o caso será registrado como “ocorrência de natureza diversa”.

    A Polícia Judiciária Civil vai ser a responsável por seguir com a investigação e a menina, mesmo com o relato da mãe, vai precisar ser encaminhada para exame de corpo de delito. Tudo isso aconteceu na região do bairro CPA, em Cuiabá.

    Outro lado

    A Prefeitura de Cuiabá informou à reportagem que soube da denúncia por meio da imprensa e determinou que o caso seja acompanhado de perto. Afirma ainda que está é a primeira denúncia desta natureza registrada em uma unidade da rede municipal.

    *Com informações do Portal Uol

    Uma mãe ficou espantada ao ver que a filha estava sendo sufocada pela professora da creche e resolveu fazer um depoimento.
    Uma mãe ficou espantada ao ver que a filha estava sendo sufocada pela professora da creche e resolveu fazer um depoimento. | Foto: Divulgação