Fonte: OpenWeather

    Coronavírus


    Dois casos suspeitos do coronavírus em Rondônia

    Casal viajou no dia 20 de janeiro a São Paulo e lá teria dividido um táxi com um chinês, que estaria tossindo bastante

    Dois casos suspeitos de Rondônia não estão na lista dos nove pacientes que são monitorados pelo Ministério da Saúde | Foto: Divulgação/ Agência Brasil

    Manaus - A Secretaria de Saúde de Rondônia (Sesau) confirmou nesta sexta-feira (31) que há dois casos suspeitos do coronavírus no estado. Os pacientes, um homem e uma mulher, são de Porto Velho. No Brasil há outros casos suspeitos em investigação, conforme o Ministério da Saúde.

    Conforme informou ao G1 Rondônia, o secretário de saúde, Fernando Máximo, disse que o casal viajou no dia 20 de janeiro a São Paulo e lá teria dividido um táxi com um chinês, que estaria tossindo bastante dentro do carro.

    Após retornar à capital Porto Velho, no dia 26 de janeiro, o casal apresentou sintomas "sugestivos" ao coronavírus e então procurou por atendimento médico na quinta-feira (30).

    Em Porto Velho, as pessoas suspeitas são submetidas a exames, coletados e avaliados em Porto Velho para descartar gripe, H1N1 e outras doenças, e outras amostras são enviadas à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para confirmar ou descartar o coronavírus em sete dias. Como não existe um medicamento específico para o coronavírus, havendo complicações os pacientes precisam ficar internados, como em casos de insuficiência respiratória ou renal.

    Casos no Brasil

    Os dois casos suspeitos de Rondônia não estão na lista dos nove pacientes que são monitorados pelo Ministério da Saúde.