Fonte: OpenWeather

    Coronavírus


    DF suspende por 15 dias cinema, teatro e aulas por causa do Covid-19

    Eventos esportivos também terão restrições e ocorrerão com portões fechados

    Escolas da rede pública começarão a contar a partir do dia 16 de março o período de 15 dias como recesso e férias escolares | Foto: Reprodução/ Agência Globo

    O governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) decretou neste sábado 14 que sejam suspensos pelo prazo de 15 dias todos os eventos com público acima de 100 pessoas, além de exibições de cinema e teatro e atividades educacionais em escolas e faculdades públicas e privadas. A medida visa a conter o contágio exponencial do novo coronavírus entre a população. Balanço do Ministério da Saúde divulgado na sexta aponta que o DF tem 75 casos suspeitos e dois confirmados.

    Pelo decreto, as escolas da rede pública começarão a contar a partir do dia 16 de março o período de 15 dias como recesso e férias escolares. As unidades escolares da rede privada podem escolher que preferem antecipar as férias ou suspender as aulas pelos mesmos 15 dias.

    Também há restrições ao público que frequenta bares, restaurantes e eventos abertos. No primeiro caso, os estabelecimentos devem observar na organização de suas mesas a distância mínima de dois metros entre elas. Nos eventos ao ar livre, recomenda-se a distância mínima de um metro entre as pessoas. Eventos esportivos no Distrito Federal, por fim, poderão ser realizados, mas apenas com os portões fechados ao público e mediante autorização sanitária.

    Para os funcionários que trabalham no governo do Distrito Federal, a orientação é para que permaneçam em casa aqueles que apresentem febre ou sintomas respiratórios ou que tenham retornado de viagem internacional nos últimos dez dias.

    *Com informações da VEJA