Fonte: OpenWeather

    Maternidade


    Enxoval do bebê: por onde começar? Veja dicas

    Especialista dá dicas de como preparar a lista do que é importante para o enxoval do bebê

    A gestante deve começar a montar o enxoval por volta de 20 semanas | Foto: Divulgação

    Após a confirmação positiva da gravidez, o enxoval do bebê é um dos assuntos que mais preenche o pensamento dos futuros pais. Roupinhas e sapatos de diferentes estilos, mantas, luvas para esquentar as mãozinhas, meias, mamadeiras, travesseiro, toalhas, fraldas de tecido, entre uma infinidade de outros itens. Junto, também pode surgir a dúvida: “vamos mesmo precisar de tudo isso?”. Nesta hora, é preciso ter calma e consultar especialistas no assunto.

    “Há algum tempo, a maioria das gestantes aguardava até a 16ª semana mais ou menos, para saber o sexo do bebê e dar início à lista do enxoval. Atualmente, é possível saber o sexo logo nas primeiras semanas de gestação por meio do exame de sexagem fetal. Tudo vai depender da opção da família, pois há casais que não querem mais saber o sexo do bebê antes do nascimento. O que recomendo é que a gestante comece a montar o enxoval por volta de 20 semanas, para que tenha tempo de comprar tudo o que é necessário, antes que ela esteja se sentindo muito cansada e indisposta para fazer as compras".

    A especialista também pede que a grávida não fique ansiosa e saia comprando tudo que vê pela frente. Afinal, o bebê sempre ganha muitos presentinhos.

    "Também sempre pergunto à futura mamãe se a família reside no mesmo local, e se tem o hábito de visitar e presentear os bebês, porque muitas vezes, o recém-nascido recebe muitos presentes e isto deve ser levado em conta. A estação do ano na qual acontecerá o nascimento, se os pais realizarão eventos como chá de revelação, chá de bebê e se pensam em deixá-lo em casa ou se o levarão para o berçário, são aspectos que também influenciarão na quantidade de roupinhas.  Levando em conta a rotina da família, é possível determinar a quantidade, minimizando erros, lembrando que o enxoval é formado por diversos itens”, comenta Elaine Gouvêa, Personal Organizer especialista em Baby Planner.

    Segundo a especialista em Baby Planner, a prioridade dos itens que irão compor o enxoval será determinada de acordo com os hábitos e costumes do casal.

    “O principal são as roupinhas adequadas para a estação do ano que ocorrerá o nascimento, fraldas, toalha de banho, manta, cobertor; porém como esta é uma fase muito especial, as futuras mamães gostam também, de comprar coisas fofas e itens que podem trazer mais conforto ao bebê. O enxoval é montado de acordo com as particularidades de cada família e após fazermos uma análise é que a lista é definida, assim, não existe certo ou errado, e sim, os itens que atendem à determinadas necessidades. Temos para o mesmo item, diversas marcas, modelos e preços e a escolha será feita de acordo com o gosto e o grau de importância que aquele item tem”.

    *Com informações da assessoria