Fonte: OpenWeather

    Abuso sexual


    Defendendo o marido, mãe diz que cachorro é culpado por abuso da filha

    A mulher afirmou que quem havia cometido os abusos sexuais contra a menina de nove anos era o cachorro da família. No entanto, a polícia descobriu que era o padrasto o autor do crime

     

    | Foto: Divulgação

    Cidade do México - Uma menina de 9 anos foi hospitalizada com diversos ferimentos na região intima decorrentes de um abuso sexual. Após a internação da criança, a polícia prendeu o padrasto da menina como suspeito do abuso sexual. No entanto, a mãe da garota defendeu o marido e insistiu que o cachorro da família era o culpado pelo crime.

    Após a prisão, o homem e a mãe da menina declararam que o culpado pelo abuso foi o cachorro de estimação da família. Com a acusação contra o animal, a Procuradoria-Geral da República instaurou uma investigação para esclarecer o fato.

    Apesar das alegações, os investigadores não acreditaram na versão apontada pelo suspeito e pela esposa, e mantiveram preso preventivamente.

    Caso descoberto

    O caso foi descoberto quando a mãe da criança levou a filha a um hospital da Cidade do México afirmando para a equipe médica que ela apresentava vários ferimentos no corpo que indicavam abuso sexual.

      Após se contradizer várias vezes enquanto tentava culpar o cachorro, a mulher confessou que o abusador era seu companheiro, o padrasto da menina.  

    Para seguir com as investigações e descartar qualquer possibilidade, funcionários da Procuradoria Geral da Cidade do México também recolheram o animal para submetê-lo a “estudos médicos”.

    Até o momento não foram divulgadas informações oficiais referentes ao caso, mas os relatórios policiais indicam que novas informações deverão ser levadas a público em breve.

    A menina segue hospitalizada para tratar dos ferimentos sofridos.

    *Com informações do Metro World News

    Leia mais: 

    Professor é preso por estuprar seis alunos em escola de Manaus; vídeo

    Homem é assassinado após ser filmado beijando enteada de 6 anos

    Padrasto que estuprou e matou enteada é preso preventivamente no AM