Fonte: OpenWeather

    EM TEMPO DE ARTES


    Conheça a atriz amazonense com mais tempo no exercício da profissão

    Em conversa exclusiva com o EM TEMPO, Ednelza Sahdo fala sobre a carreira e a liberdade de ser quem é

    Ednelza Sahdo demonstra sua força cênica, o talento e sua experiência em entrevista exclusiva para o EM TEMPO | Autor: Carlos Oliveira - EM TEMPO

    Manaus — Quem vê a amazonense Ednelza Sahdo mal imagina o longo caminho que precede o seu título de "Rainha do Teatro Amazonense". Com mais de 50 anos de carreira, a atriz carrega a experiência e mostra a força da mulher amazonense que se mantém nos palcos até os dias de hoje. Em conversa exclusiva com o EM TEMPO, Ednelza fala sobre a carreira e a liberdade de ser quem é.

    "Não existe coisa mais bonita do que criar — criar algo para as pessoas verem, ouvirem, pegarem, sentirem", começa Ednelza Sahdo. À vontade, ela mostra a tranquilidade de quem tem o hábito de estar no palco. "A arte para mim, antes de mais nada, é um sinônimo de liberdade: a liberdade de criar, de viver, de dizer e de ter cumplicidade com o público".

    A força de Ednelza Sahdo em cena é conhecida pelos amantes do cinema e do teatro
    A força de Ednelza Sahdo em cena é conhecida pelos amantes do cinema e do teatro | Foto: Eduardo Gomes

    Leia também: O adeus a Oscarino Varjão. Relembre a trajetória do ventríloquo

    Seu último trabalho como atriz foi na peça "Uma saudade, uma rosa... um beijo", obra também dirigida por ela. Apesar do longo tempo de carreira, a atriz afirma que cada personagem interpretada possui um valor único para ela. "As personagens não são como roupas, que a gente joga dentro de uma máquina ou de um tanque", explica. "Elas ficam gravadas para sempre na minha mente. Guardo cada uma delas com muito carinho".

    Ednelza acredita já ter nascido com o talento correndo em suas veias e começou a entrar no mundo artístico por influência de sua mãe. Aos domingos, as duas frequentavam a Rádio Difusora, na época localizada na rua Joaquim Sarmento, no Centro de Manaus. Na categoria de cantoras mirins, Ednelza já mostrava talento e carisma. Em seguida, se apaixonou pelo cinema a ponto de frequentar as matinês pelo menos três vezes no mesmo dia.

    Como professora de teatro, Ednelza Sahdo contribuiu na formação de diversos artistas da cidade de Manaus
    Como professora de teatro, Ednelza Sahdo contribuiu na formação de diversos artistas da cidade de Manaus | Foto: Eduardo Gomes

    "Essas coisas foram criando corpo dentro de mim, sempre fazendo trabalhos em colégios", conta ela. "Tudo que era evento, tava lá a Ednelza, cantando, dançando, fazendo qualquer coisa que fosse". Ela conta que, na escola, a mãe de Ednelza era conhecida pelos docentes como "a empresária da artista".

    Falando em escola, a atriz-mirim seguiu seus estudos a contra-gosto do pai. O pai libanês, rígido e machista, não apoiava Ednelza frequentando escola alguma. "Como todo homem machista, meu pai falava que a mulher só tinha que lavar, cozinhar, arrumar a casa e cuidar do marido", conta. "Mas eu ultrapassei todos esses limites, era mais forte que eu, e era assim que eu era conhecida: como a artista, sempre de espírito alegre, apesar da infância pobre e cheia de dificuldades".

    Hoje, no cenário artístico teatral do estado do Amazonas, Ednelza é a atriz com mais tempo em exercício. Além de seu trabalho no palco, seja como atriz - sua principal função - ou diretora, ela também atua como professora, atividade na qual ajudou a formar centenas de artistas da cidade de Manaus.

    Perfil Ednelza Sahdo - Infográfico Perfil Ednelza Sahdo - Infográfico

    Edição: Wallace Abreu

    Leia mais:

    Márcia Novo lança novo clipe em que mistura o reggaeton e o boi-bumbá

    Abertas em Manaus inscrição para oficina sobre documentários

    Leandro Karnal realiza palestra em Manaus