Fonte: OpenWeather

    Gastronomia


    Chef Dedé Parente, da Cachaçaria do Dedé, ganha prêmio nacional

    Dedé foi campeão do Prêmio Dólmã, considerado o Oscar da gastronomia brasileira. A premiação aconteceu em Goiânia

    Dedé Parente foi indicado por uma equipe de profissionais especializados em pesquisas e apoiados por gastrônomos, profissionais de comunicação e consumidores residentes nas cinco regiões brasileiras
    Dedé Parente foi indicado por uma equipe de profissionais especializados em pesquisas e apoiados por gastrônomos, profissionais de comunicação e consumidores residentes nas cinco regiões brasileiras | Foto: Divulgação

    O chef manauense Dedé Parente é o grande campeão do Prêmio Nacional Dólmã, considerado o Oscar da gastronomia brasileira. Dedé foi anunciado como concorrente na categoria Amazonas e foi escolhido por meio de votação popular que estava disponível pela internet. O resultado foi divulgado nesta sexta-feira (7), em solenidade realizada em Goiânia (GO).

    Dedé Parente foi indicado por uma equipe de profissionais especializados em pesquisas e apoiados por gastrônomos, profissionais de comunicação e consumidores residentes nas cinco regiões brasileiras.

    O Prêmio Dólmã possui duas categorias, sendo a Categoria Estadual - que premia um chef por Estado entre os três Chefs concorrentes - e a Categoria Nacional - que premia um chef nacional entre os cinco chefs concorrentes.

    “Eu fico muito feliz em poder representar o meu Estado em um concurso tão importante como este, que premia os melhores em todas as regiões do país. Em todos os lugares por onde passo e me perguntam se eu sou do Amazonas, respondo com orgulho que sim, pois acredito muito em nossa terra e sei que temos muito potencial com a gastronomia e em várias outras áreas. Para mim, é motivo de grande satisfação ganhar o Prêmio Nacional Dólmã”, comemora Dedé Parente.

    Além de participar da cerimônia, Dedé também foi convidado para fazer parte da programação com uma aula show no Palco das Mulheres Coralinas, onde falou ainda sobre sua trajetória de 27 anos no comando do Grupo Dedé, case de referência da culinária típica brasileira, que mantém oito unidades nos Estados do Amazonas, Ceará, Pará e Minas Gerais.

    O chefe

    Gastrônomo de formação, ele faz questão de frisar que é do Norte do País, e se orgulha disso. Tudo começou com uma barraca de pastel, em Manaus, em 1991. A barraca cresceu e virou Skina do Pastel. De lá para cá, várias situações levaram André Parente, o Chef Dedé, a desafios crescentes.

    A entrada do sócio Rogério Perdiz foi um marco para o crescimento que faltava. Em 2009 eles recebem convite para abrir sua primeira loja de shopping. Com a evolução dos negócios, abriram-se frentes específicas e hoje cinco marcas compõem o portfólio do Grupo Dedé, todas posicionadas no segmento de alimentos e bebidas.

    Com a necessidade da abertura de novas lojas se fez imprescindível um Centro de Administração, Logística e Produção que gerasse mais qualidade e dinamismo às operações até a mais nova loja do Grupo: a unidade do Engenho Dedé, de Belo Horizonte. Ao todo, são 27 anos de uma história construída com muita paixão nos temperos, respeito ao cliente e disposição para sempre fazer melhor.

    O prêmio

    O Prêmio Nacional Dólmã foi idealizado pelo Gerente de Projetos e presidente do Grupo Conforto Gastronômico, Geraldo Guerra Junior, em junho de 2013.

    A ideia surgiu após um estudo de mercado que identificou a existência de uma demanda reprimida a respeito de um modelo de premiação que, em um único momento, envolvesse profissionais de cozinha de todos os estados brasileiros.

    A Gastronomia que vem se destacando como uma das áreas que mais crescem, juntamente com o turismo, é um assunto presente em todas as manifestações sociais, culturais e artísticas.

    O Prêmio Nacional Dólmã é a reafirmação, o reconhecimento e a valorização do trabalho e da dedicação dos profissionais que se destacam na área gastronômica e que contribuem para o aquecimento da economia brasileira.

    Leia mais:

    De uma barraca de pastel, a uma cachaçaria de sucesso

    Acadêmico une culinária amazônica e mineira na criação de linguiças

    Chef ensina como dessalgar e preparar pirarucu de forma rápida

    Petisco fácil de pirarucu, frango e camarão para servir em casa