Fonte: OpenWeather

    Cultura


    ‘Som Brasil’ ganha versão local

    O tema da primeira versão será ‘Anos 80’ – foto: divulgação
     
     
    O cantor e humorista Arnaldo Barreto apresenta o primeiro show do projeto ‘Som Brasil Anos 80’. Na estreia, o artista divide o palco com os cantores Sinézio Rolim e Eli Pinto. O musical acontece nesta quinta-feira(7), no bar Estação Cultural Arte e Fato, no Centro, a partir de 22h. O couvert artístico custa R$10.
    O projeto foi criado há dois meses e tem a proposta de resgatar os sucessos conhecidos na década de 80. De acordo com Barreto, ao falar do período proposto, é comum o público ter a lembrança de movimentos e bandas ligados ao rock. Porém, o artista defende que a Música Popular Brasileira (MPB) também fez parte dessa história, daí, a iniciativa de promover encontros que possibilitem a  expressão de canções interpretadas nas vozes de Cazuza, Rosana, Peninha, a banda Legião Urbana, entre outros.
     
    RecepçãoO público será recepcionado com um som instrumental exibido pelos músicos Acra Ariela (percussão) e Jeferson Silva (violão e baixo). O show terá duração de duas horas, onde cada cantor convidado terá meia hora para se apresentar.  Em seu repertório, Barreto apresenta mais de 30 músicas, entre elas: ‘Meu mel’ e ‘Anjo Azul’, de Marquinhos Moura; ‘Sonho de Ícaro’, de Byafra; ‘Sonhos’, de Peninha; ‘Nenhum Toque’, interpretada por Rosana; ‘Bete Balanço’, de Cazuza; entre outras.
    Segundo Rolim, receber o convite para dividir o palco com Barreto foi uma surpresa. É a primeira vez que o artista se apresenta junto ao organizador. Rolim tem 10 anos de carreira, mas somente há 3 realiza apresentações públicas.
    O palco terá uma cenografia composta por discos de vinil e fotografias da época, projetadas em telas.