Fonte: OpenWeather

    Amazônia


    Exposição 'Amazônia: o despertar para um futuro melhor' chega a Manaus

    Evento fotográfico é promovido de 2 a 30 de setembro pelo Studio 5 Shopping e Convenções e Escola de Retratos Monóculo

    Com o intuito de movimentar a fotografia local amazonense e oferecer oficinas, cursos, workshops, bate papos fotográficos e exposições | Foto: Divulgação

    Manaus - De 2 a 30 de setembro, a exposição fotográfica "Amazônia: O Despertar para um Futuro Melhor" da Escola de Retratos Monóculo vai invadir as dependências do Studio 5 Shopping e Convenções, na Zona Sul de Manaus. Com o tema do desmatamento, poluição e destruição da natureza em pauta, o objetivo do evento é conscientizar a população da região e estimular uma reflexão na sociedade sobre a preservação do meio ambiente, por meio, de obras visuais impactantes que retratam os desafios para proteger a Amazônia. 

    É preciso refletir sobre os últimos acontecimentos na região Amazônica
    É preciso refletir sobre os últimos acontecimentos na região Amazônica | Foto: Divulgação

    De acordo com o fotógrafo Michell Mello, diretor da Escola de Retratos Monóculo e responsável pela curadoria do evento, a ideia surgiu antes da polêmica sobre as questões ambientais que estão sendo debatidas por especialistas e autoridades mundiais. " As pessoas na que visitarão o shopping  poderão através das fotografias desenvolver o sentimento de responsabilidade sobre a preservação da floresta, nos igarapés, com os animais e nessa exposição iremos demonstrar que com pequenos gestos e utilizando mecanismos de ações para mudarmos esse futuro sobre o meio ambiente", afirma Mello.

    Escola de Retratos Monóculo

    A exposição celebra o Dia da Árvore, comemorado em 21 de setembro com muita informação de preservação ambiental
    A exposição celebra o Dia da Árvore, comemorado em 21 de setembro com muita informação de preservação ambiental | Foto: Divulgação

    Escola Monóculo de Retratos veio com o intuito de movimentar a fotografia local amazonense e oferecer oficinas, cursos, workshops, bate papos fotográficos e exposições. Neste ano, vários eventos estão acontecendo na capital do Amazonas com o objetivo de elevar essa arte para a sociedade de Manaus.

    A fotógrafa Selma Maia, responsável pela coordenação técnica do evento, pela Escola de Retratos Monóculo destaca a interação, mistura de olhares e gerações que acontecerá no shopping. "Teremos na exposição: o fotógrafo iniciante, amador, profissional e experiente como o professor Carlos Navarro, que completará agora em setembro 54 anos de profissão, então, temos essa mistura que faz com que todos cresçam. O tema do evento também é propício para o momento. Atualmente, temos a obrigação na Amazônia e em todo o mundo nesta necessidade da preservação, exatamente para a continuidade das gerações futuras", explica a curadora da exposição, que também destaca a participação de Julián Aude Santacruz, Nara Nascimento e Leilane Rocha entre outros.

    Segundo a fotógrafa Selma Maia, a exposição servirá de alerta a população
    Segundo a fotógrafa Selma Maia, a exposição servirá de alerta a população | Foto: Divulgação

    Ainda conforme Maia, as fotografias servirão de alerta para a população. "Mostraremos os diversos olhares dos fotógrafos e também levaremos ao público o que precisa ser melhorado, preservado, o quanto cada um pode melhorar na preservação, qual a responsabilidade do Estado e do cidadão em todo esse processo", destaca.

    Segundo Marcos Lima, analista de marketing do Studio 5, a exposição celebra o Dia da Árvore, comemorado em 21 de setembro com muita informação de preservação ambiental que traz mais uma opção para entreter os clientes e despertar o senso crítico em milhares de pessoas que passam todos os dias pelo empreendimento. "Considerando esses últimos acontecimentos na Região Amazônica é ainda mais importante refletirmos sobre o assunto".

    É preciso preservar para que a Amazônia possa estar presente nas gerações futuras
    É preciso preservar para que a Amazônia possa estar presente nas gerações futuras | Foto: Divulgação

    *Com informações da assessoria