Fonte: OpenWeather

    Literatura


    Autor amazonense lança livro de contos amazônicos

    Com contos autorais, o livro destaca problemas da Amazônia por meio da abordagem filosófica

    Lançamento do livro será no dia 19 de outubro às 9h na Faculdade Martha Falcão
    Lançamento do livro será no dia 19 de outubro às 9h na Faculdade Martha Falcão | Foto: Lucas Silva

    Manaus - O livro “Jesus e Ajuricaba na Terra das Amazonas - Histórias do Universo Amazônico",  do professor amazonense Luís Lemos, contém contos autorais sobre questões contemporâneas do Amazonas, sob aspecto cultural, visual e ambiental. O lançamento do livro ocorre no dia 19 de outubro, às 9h na Faculdade Martha Falcão, localizada na avenida Mário Ypiranga, Adrianópolis, Zona Centro- Sul. 

    Luís Lemos tem o objetivo de abordar questões próximas da 'realidade amazônida', por meio de filosofias. “Quero contar as histórias, com uma visão filosófica para meus alunos, como meio de facilitação de conteúdo. É possível aprender a filosofia pela realidade amazônica”, destaca. 

    A versão física do livro, que já foi lançado na plataforma digital, poderá ser adquirida no valor de R$ 30.
    A versão física do livro, que já foi lançado na plataforma digital, poderá ser adquirida no valor de R$ 30. | Foto: Lucas Silva

    A versão física do livro, que já foi lançado na plataforma digital, poderá ser adquirida no valor de R$ 30. O lançamento também irá contar com a apresentação do livro, que tem publicação independente e bate-papo com o autor. “Eu tenho prazer em escrever e esse livro tem um diferencial: é independente. E hoje em dia, as pessoas não gostam de ler e têm escolhido mais a versão digital do que o físico. E temos as duas versões”, comenta Luís. 

    Autor Luis Lemos tem cinco livros publicados
    Autor Luis Lemos tem cinco livros publicados | Foto: Lucas Silva

    Jesus e Ajuricaba na terra das Amazonas é o quinto livro do professor Luís Lemos. Com linguagem simples, o professor destaca que o processo de criação dos contos é destinado a todos os públicos. “Apesar de ser uma forma de facilitar conteúdo para os meus alunos de ensino médio, pessoas de qualquer idade podem ler o livro e assimilar o conteúdo”.