Fonte: OpenWeather

    Desfile


    Isabela Camargo: da Amazônia para as passarelas da Paris Fashion Week

    Isabela Camargo foi um dos destaques da icônica marca francesa Christian Dior

    Isabela Camargo tem 20 anos e nasceu em Porto Velho
    Isabela Camargo tem 20 anos e nasceu em Porto Velho | Foto: Divulgação/Instagram

    Manaus - Cerca de 170 árvores deram vida ao cenário do último desfile da Dior, na Paris Fashion Week, que teve início na última segunda-feira (23) e acontece até este domingo (29) na França. A proposta foi chamar atenção para a preservação da Amazônia que, cada vez mais, é pauta em diferentes nichos mundiais de comunicação. E para falar de moda e sustentabilidade a Dior resolveu trazer a Amazônia para o fashion show não só por meio das roupas e acessórios, mas também na escolha das modelos.

    Isabela Camargo, 20, nascida em Porto Velho (RO), região Norte do Brasil e que também contempla as fronteiras políticas e geográficas da Amazônia, foi escolhida entre mais de 100 meninas para integrar o time de seletas modelos que foram aprovadas no casting da icônica marca francesa Christian Dior durante a última semana de moda em Paris.

    Com 1.78 de altura, a jovem que pensava em ser veterinária, agora, divide as horas do dia entre testes para trabalhar com grandes marcas e viagens internacionais. Filha de pai militar, Isabela conta que sempre voltou máxima disciplina para os estudos, mas foi na fila de um fast-food que a new face foi descoberta como um dos mais belos rostos da Amazônia.

    O início

    “É muito engraçado olhar para trás e perceber onde estou hoje por que nunca pensei em ser modelo. Em 2018 eu estava em um shopping da minha cidade, na fila para comprar um milk shake, quando fui surpreendida por um dos agentes da Backstage Models - minha primeira agência, ainda em Manaus. Após uma conversa ele me convenceu a participar de um concurso que haveria em Manaus e que essa seria uma excelente oportunidade de dar início a minha carreira. Foi assim que tudo começou”, explica Isa.

    Com 1.78 de altura, a jovem que pensava em ser veterinária, antes de entrar para o mundo da moda
    Com 1.78 de altura, a jovem que pensava em ser veterinária, antes de entrar para o mundo da moda | Foto: Divulgação/Instagram

    O concurso ao qual foi convidada era avaliado pela Elite Model Management, uma das agências de moda mais conceituadas do mundo. Na época, Isabela ficou em 2º lugar e a posição deixou a jovem ainda mais confiante em seu crescimento profissional no fashion business.

    Encantada com um novo ciclo de autoconhecimento, a modelo decidiu então se mudar de Porto Velho para Manaus com o objetivo de se dedicar integralmente as novas possibilidades de trabalho. Por pelo menos dois meses Isa viveu no apartamento da agência Backstage Model Amazônia e enfrentava a rotina de milhares de modelos que, no mundo todo, saem de suas casas para tentar fazer sucesso nas capas e passarelas, mas não demorou muito para que logo chegasse o superestimado reconhecimento internacional.

    Após um período de adaptação já longe da casa dos pais, a agência de Isabela, ainda em Manaus, decidiu que era hora de a menina alçar novos voos. A modelo conta que por grande parte da vida sempre preferiu ter cabelos curtos, mas foi se autoconhecendo enquanto modelo profissional que surgiu a ideia de raspar completamente. A ideia foi da agência e Isa ressalta que aceitou sem contestar. “Por quase toda a minha vida eu sempre tive cabelos curtos, sempre foi uma preferência minha e da minha mãe, então quando surgiu a ideia de raspar os cabelos eu pensei, porque não?”, conta.

    Ainda de acordo com Isabela, o novo corte virou um ponto referencial e positivo no momento de se apresentar entre outras centenas de garotas que quase sempre tem o mesmo padrão de beleza.

    A bela foi descoberta na fila de um fast-food
    A bela foi descoberta na fila de um fast-food | Foto: Divulgação/Instagram

    Praticamente pronta para o mercado internacional, a modelo foi então avaliada por uma dupla de agentes de uma das maiores agências de moda do mundo, a IGM Models Worldwide, referência na cena por agenciar top models como por exemplo, Gisele Bündchen. A avaliação foi feita por um vídeo conferência, tudo online, Isabela de Manaus e os agentes avaliando cada medida direto de Nova Iorque (EUA). Ela conta que após uma rápida conversa com os representantes da IMG Models, logo ficou decidido que a agência internacional faria o seu acompanhamento fora do Brasil. Em questão de dias Isa finalmente chegava em Londres, na Inglaterra.

    “Quando eu cheguei em Londres é que tive uma verdadeira dimensão do quanto trabalho há por trás de toda essa ‘máquina’ que é o mundo da moda. A IMG Models aqui em Londres é contemplada com dois andares inteiros de um prédio gigante e toda essa estrutura me motiva ainda mais a fazer meu trabalho e não decepcionar tantos profissionais que confiam no meu trabalho.”, explica a brasileira.

    Ainda segundo Isabela Camargo, a língua estrangeira não foi uma dificuldade. O inglês fluente foi mais um ponto positivo para a representante da Amazônia na Europa.

    Com alguns dias em Londres, mas o suficiente para chamar a atenção de profissionais renomados na área, a jovem modelo foi indicada para viajar até Paris com o objetivo de participar da seleção de modelos que cruzaria a passarela de Christian Dior em sua nova coleção da semana de moda em Paris, a Paris Fashion Week. Entre mais de 100 meninas que lotavam o rigoroso teste da grife com o intuito de carimbar no currículo um trabalho assinado pela marca, apenas Isabela e mais cinco meninas conseguiram o privilégio e o reconhecimento de dar vida e movimento as peças desfiladas no fashion show que aconteceu na última quarta-feira (25). Isa revela que, mais do que a beleza, seu passaporte para garantir a vaga no elenco foi também sua personalidade.

    “Durante os testes para escolher quem desfilaria para a Dior, a marca pediu que todas as meninas se apresentassem desfilando sem salto alto. A ideia deles era desmontar aquela figura da modelo clichê e analisar a personalidade de cada uma por meio do andar natural, sem saltos altos. Bem, eu estava de coturno porque amo e acho confortável então para mim foi natural desfilar com eles mesmos. Até o piercing que tenho em uma das orelhas serviu de inspiração para a equipe de criação da Dior que adaptou novos acessórios para mim na hora do desfile”, relata a jovem. Após dois testes vencidos, Isabela finalmente recebeu a notícia de que sim, desfilaria para a conceituada grife francesa Dior.

    Isabela brilhou na passarela
    Isabela brilhou na passarela | Foto: Divulgação/Instagram

    Com um vestido que traduz as cores da Amazônia em tons de amarelo, verde, azul e vermelho, Isabela Camargo cruzou as passarelas de Christian Dior em meio a convidados super conceituados que, convidados, acompanharam o show. Nomes como, Isis Valverde, Bruna Marquezine e Camila Coelho, foram algumas das celebridades brasileiras que estiveram na primeira fila do desfile acompanhando de perto as tendências de um novo mercado que já assume a responsabilidade de unir moda e sustentabilidade na mesma pauta.

    Para quem assistiu ao show, a passagem de Isabela pela passarela durou pouco mais de 15 segundos, mas o suficiente para deixar eternamente marcada a representatividade da beleza do Norte do Brasil em passarelas internacionais. Foram pouco mais de 15 segundos que traziam consigo enorme dedicação, disciplina e acima de tudo fé. Isa conta que, para quem não pensava em ser modelo, a nova vida ainda necessita de adaptações e aprendizados, e como sempre, são nos estudos que ela vai buscar estabilidade. 

    "Entrar para o mundo da moda depois dos 20 anos requer uma certa adaptação pois existem meninas que estão há muito mais tempo atuando na área e completamente por dentro da história de cada cliente que possivelmente pode nos contratar. Então agora tenho corrido contra o tempo para estudar e aprender cada vez mais sobre a profissão com o objetivo de ser a melhor. Para mim, sucesso é poder me realizar por meio de todos os trabalhos que eu ainda quero fazer e ganhar meu próprio dinheiro com isso.", encerra a new face.