Fonte: OpenWeather

    Teatro Amazonas


    Série Guaraná apresenta 'Missa Solemnis' de Beethoven

    Concerto terá a Amazonas Filarmônica e Coral do Amazonas

    O concerto contará com a regência do maestro Luiz Fernando Malheiro | Foto: Michael Dantas/SEC

    Manaus- Considerada a ‘rainha’ das missas na história da música, a obra “Missa Solemnis”, do compositor alemão Ludwig van Beethoven (1770-1827), será apresentada pela primeira vez em Manaus, na 16ª edição da Série Guaraná, pela Amazonas Filarmônica e Coral do Amazonas. O concerto acontece nesta quinta-feira (3), às 20h, no Teatro Amazonas. A entrada é gratuita mediante a doação de um brinquedo para a campanha “Doe um brinquedo e ganhe sorrisos”.

    O concerto contará com a regência do maestro Luiz Fernando Malheiro, além de solistas dos Corpos Artísticos e convidados. Malheiro explica que a obra é uma das mais complexas e belas de Beethoven, exigindo um alto nível técnico para a execução. 

    “Na história da música, vários compositores de renome escreveram missas, como Mozart e Bach, mas esta é considerada a rainha de todas elas”, explica o maestro. “Uma obra bastante extensa e muito intensa musicalmente para o quarteto de solistas e para o coral, pois exige alto nível para manter o equilíbrio durante a longa duração da obra”, complementa.

    Para o público ouvinte, o maestro ressalta que a obra tem uma beleza impactante, além de abranger todos os movimentos de uma missa, como o Credo, o Sanctus e o Agnus Dei. “É uma obra extremamente bonita e espiritual, e para executá-la acredito que é preciso crer em algo, se não for em alguma convicção religiosa, então pelo menos crer na obra em si”, comenta Malheiro. 

    A Filarmônica e o Coral serão acompanhados de dois solistas integrantes dos Corpos Artísticos do Estado: a soprano Dhijana Nobre e o tenor Juremir Vieira  e dois solistas convidados, a mezzo-soprana Luisa Francesconi e o baixo Andrey Mira.

    “A Dhijana e o Juremir são extremamente talentosos e fazem parte do nosso Coral do Amazonas. De São Paulo, convidamos a Luisa, uma cantora conhecida nacional e internacionalmente e, de Belém, o Andrey Mira, um jovem também muito talentoso. São solistas extremamente preparados para esta obra”, declara o maestro Malheiro. 

    *Com informações da assessoria