Fonte: OpenWeather

    Entrevista


    Ícones do samba, Inimigos da HP lançam música com Sorriso Maroto

    Contando sobre a nova música, carreira e retorno a Manaus, a banda concedeu uma entrevista exclusiva para o EM TEMPO. Confira!

    Em comemoração aos 20 anos de carreira, os Inimigos da HP acabam de anunciar a data de lançamento do terceiro single do ano | Foto: Divulgação

    Manaus - Em comemoração aos 20 anos de carreira, os Inimigos da HP acabam de anunciar a data de lançamento do terceiro single do ano. A canção de nome “A Regra do Jogo”, assinada por Rapha Lucas, homenageia as duas décadas do grupo formado por Sebá (vocal), Tocha (rebolo), Cebola (pandeiro), Gui (repique de mão e congas), Alemão (surdo e percussão) e conta com a parceria de Sorriso Maroto

    A faixa será lançada no dia 11 de outubro em todas rádios do País e também nas principais plataformas digitais. A música estava prevista para ser veiculada apenas no final de outubro, mas pela grande demanda de pedidos e procura pelo single, houve a necessidade de adiantar o lançamento. 

    “Nossa felicidade não cabe no peito. Estamos recebendo inúmeras mensagens positivas todos os dias sobre a música que ainda não lançamos. E é isso que sempre procuramos para o nosso público, levar o que eles gostam de ouvir e sentir, falar de amor e transbordar alegria. Aguardem que dia 11 está chegando” ressaltaram os artistas. 

    “A Regra do Jogo” tem um ritmo dançante e fala sobre um acordo de relacionamento que não envolve sentimentos, apenas um entretenimento onde a maior regra é não se apaixonar, mas depois de um tempo, alguém solta um “Eu Te Amo” e então, tudo começa a mudar.

    Carreira

    Grupo conquistou uma legião de fãs e admiradores fiéis
    Grupo conquistou uma legião de fãs e admiradores fiéis | Foto: Divulgação

    Considerado um dos nomes mais expressivos e festivos na cena do pagode atual, Sebá (vocal), Tocha (rebolo), Cebola (pandeiro), Gui (repique de mão e congas) e Alemão (surdo e percussão) não esperavam pelo sucesso espontâneo que alcançariam quando decidiram formar os “Inimigos da HP” na década de 1990.

    De forma despretensiosa, os amigos que tinham seus empregos e nos finais de semana festejavam juntos, começaram a se encontrar e tocar algumas músicas como forma de passar o tempo. O nome da banda é uma brincadeira em homenagem a famosa calculadora, usada por quase todos os integrantes em suas profissões (engenheiros).

    Transformar a vida em diversão, é um dom dos cinco, que em 1999, lançaram um disco independente e homônimo. Não demorou muito para que a autenticidade do Inimigos da HP invadisse as ondas de rádio do país inteiro nos próximos anos, com sucessos como “Toca Um Samba Aí”, “Bons Momentos”, “Musa da Praia” e “Nosso Filme”.

    Com a versatilidade musical e o carisma de seus membros, o grupo conquistou uma legião de fãs e admiradores fiéis, que passaram a contar com o repertório diversificado do Inimigos como a trilha sonora para seus casamentos, festas de formaturas e noites de agitação em bares e baladas.

    Contando um pouco sobre a carreira, processo criativo, parceria com Sorriso Maroto e projetos futuros, os “Inimigos da HP” concederam uma entrevista exclusiva para o Portal EM TEMPO. Confira!

    EM TEMPO - Como é o processo de composição das músicas?

    Inimigos da HP - As composições da banda acontecem de formas muito diversas, muitas das músicas de sucesso não foram compostas por nós, foram canções que encaminharam para nossa equipe e gostamos e decidimos gravar. 

    O Sebá tem composições de sucesso como, “Vem Buscar o Que é Teu”, “O Dia do Nosso Amor” e várias outras. Porém, as nossas composições foram “Linda no Salto”, “Nações e Emoções”, “Só que Não”, “Pronto, Falei”, uma série de músicas que nos reunimos com a intenção de compor, mas o processo é muito variado, cada composição tem a sua história. 

    EM TEMPO - Nesses 20 anos de carreira, como a banda busca inovar em sua trajetória?

    IHP - O processo de inovação é meio natural. Começamos de forma bem despretensiosa e fomos evoluindo devagar na forma que o mercado foi exigindo. A gente tocava em sambas de roda, depois nos aprimoramos e aprendemos novos instrumentos. Depois sonoridades foram criadas, colocamos em alguns casos, participações de DJs, algum tipo de timbre, teclado, por exemplo. O processo de inovação mistura uma necessidade de apresentar algo novo para o fã, assim como para nós mesmos, para nos incentivar a cada trabalho a pensar de forma diferente. 

    EM TEMPO - Por que a escolha de parceria com o grupo Sorriso Maroto? Como é a relação com a banda?

    IHP - Sorriso Maroto é uma banda que temos amizade há anos. Desde o começo do nosso processo profissional, quando gravamos e lançamos os nossos primeiros discos, começamos a rodar o Brasil e acabamos topando em diversos momentos com o Sorriso Maroto em festivais, com isso, criamos uma enorme afinidade. Eles são ótimas pessoas, ótimos profissionais, com papos legais. Achamos até que houve uma demora para fazer algo junto, mas todos eles são nossos amigos, nos encontramos com frequência e sempre é muito legal. 

    EM TEMPO - O que o público pode esperar nesta nova música? Vai ser lançado um videoclipe?

    IHP - Essa música tem uma característica musical bem própria dos Inimigos que é começar de forma mais intimista com apenas o violão e sem tanta percussão. E a música vai crescendo ao longo do tempo. No início, ela é mais sutil e depois ela vai ficando mais para cima. O lance é muito divertido, o papo da música é muito bom, pois é um casal que combina não se apaixonar e coloca uma regra para isso, uma regra para o jogo. Eles querem estar juntos, mas não querem um compromisso, mas acontece que controlar o coração é um desafio e num momento uma das partes se entrega, e então, acaba tendo um relacionamento de verdade, com compromisso. E sim, “A Regra do Jogo” terá videoclipe e ele será gravado no próximo dia 25 de outubro.

    EM TEMPO - Fora o lançamento dos singles, a banda possui outros projetos futuros?

    IHP - Os Inimigos estão comemorando 20 anos agora em 2019, e é muito legal, pois fazer esse aniversário redondo nos motivou a querer mais e a produzir mais. Lançamos dois singles, estamos com uma agenda mais pesada de televisão e ações nas redes sociais, mas tem muito mais coisas pela frente. Estamos com mais uma música gravada que vamos lançar na sequencia dessa e também estamos recolocando nas plataformas digitais álbuns nunca disponibilizados. Além disso, estamos planejando uma série para o nosso canal do YouTube, uma série de shows em comemoração aos 20 anos, a gente pede para que os nossos fãs curtam nossas redes sociais para ficarem por dentro das novidades. 

    EM TEMPO - A banda não vem a capital amazonense há quase dez anos. Vocês pretendem retornar a Manaus em uma possível turnê?

    IHP - Manaus é uma cidade que a gente adora. Já fomos a Manaus muitas e muitas vezes. Já fizemos vários eventos entre eles o famoso Samba Manaus. Queremos ir a Manaus com a turnê de 20 anos, vocês estão em nosso radar e é uma cidade que a gente olha com muito carinho, pois sempre fomos muito bem recebidos nessa cidade maravilhosa. Inclusive tem sido uma das cidades do Norte que mais nos acolheu desde o início da nossa carreira, então a volta para Manaus está em nossos planos sim.