Fonte: OpenWeather

    Show


    Scalene apresenta os 10 anos de carreira neste sábado em Manaus

    Realizando turnê de comemoração dos 10 anos de carreira, a banda Scalene se apresenta no Red Dog Pub, localizado na rua Rio Iça, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul de Manaus

    Em entrevista exclusiva para o Portal Em Tempo, a banda contou sobre o novo álbum e expectativa para o show em Manaus | Foto: Divulgação

    Manaus - "Uma experiência totalmente nova" é o que a banda Scalene promete para os fãs de Manaus no show que celebra os 10 anos de carreira do quarteto brasiliense. A apresentação está marcada para este sábado (30), no Red Dog Pub, localizado na rua Rio Içá, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul de Manaus. Os ingressos ainda estão à venda.

    Formado por Gustavo Bertoni (voz e guitarra), Tomás Bertoni (guitarra e teclado), Lucas Furtado (baixo) e Philipe “Makako” Nogueira (bateria), o Scalene prepara o lançamento ao vivo de Respiro em um novo formato. Algo decorrente do próprio álbum, que segue a tradição da banda em correr várias vertentes da música do mundo, conciliando aparentes incompatibilidades.

    Se as canções nasceram todas no violão, os arranjos incorporam influências de post-rock, música eletrônica, R&B e trip-hop ao contexto brasileiro. "É o Scalene de uma forma que ninguém viu até agora e isso é bem empolgante para gente", diz Lucas Furtado sobre o novo espetáculo. "A energia ainda estará lá, mas canalizada de uma forma diferente", completa.

    A banda, que completa 10 anos de carreira em 2019, revela que além das faixas do álbum Respiro, como "Percevejo", "Furta-Cor" e "Ciclo Senil", o repertório contempla também canções que marcaram a sua trajetória, entre elas "Surreal" e "Danse Macabre".

    Em entrevista exclusiva para o Portal EM TEMPO, a banda contou sobre o novo álbum, processo criativo da banda, projetos futuros e retorno à capital amazonense. Confira.

    EM TEMPO - Como funciona o processo criativo da banda?

    Scalene - Estamos sempre compondo e compartilhando referências. Normalmente um corpo de canções/ideias norteiam um conceito e quando a demanda ou vontade de gravar um disco surge, começamos a estruturar essas ideias em estúdio. Quando elas tomam forma, começamos a pré-produção com nosso produtor Diego Marques. Depois disso, é entrar em estúdio.

    EM TEMPO - Nesses 10 anos de carreira, o que mudou na banda?

    Scalene - Tudo e nada. Ainda somos os amigos de infância que escolheram viver de música e se descobrir na vida com a linguagem da arte. Mas já são 10 anos... as percepções se atualizam, naturalmente vivemos muitas experiências que tem nos moldado como pessoas mesmo e isso influencia o que criamos. Estamos mais maduros, mais realistas. Mais inseridos no meio como um todo, vivendo o que chamávamos de sonho.

    EM TEMPO - Quais os projetos futuros?

    Scalene - Continuaremos, como prioridade, produzindo conteúdo para o Respiro e levando o show pelo país. Mas faremos shows em outros contextos também. Já temos uma ideia bem interessante de onde vamos depois desse ciclo, mas por enquanto estamos imersos nele.

    EM TEMPO - Há chance de realizar parcerias com outros artistas?

    Scalene - Claro, sempre. Adoramos colaborar com artistas que admiramos e continuaremos fazendo isso.

    EM TEMPO - É a segunda vez da banda em Manaus, o que esperam do público amazonense?

    Scalene - Esperamos a mesma energia da última vez, foi irado. Adoramos a galera daí. Vamos tentar curtir um pouco a cidade como fizemos na primeira vez também.

    Serviço:

    Scalene em Manaus

    Data: 30 de novembro

    Local: Red Dog Pub

    Endereço: R. Rio Içá, 1012, Nossa Sra. das Graças, Manaus - AM

    Horário: Às 21h

    Ingressos: R$ 60 - 2° lote (meia/meia solidária) | R$120 (inteira)