Fonte: OpenWeather

    Cinema


    Estrela do cinema frânces, Anna Karina, morre aos 79 anos

    Anúncio da morte foi feito por seu agente à imprensa francesa

    Atriz lutava contra um câncer. | Foto: Divulgação

    Atriz lutava contra um câncer.
    Atriz lutava contra um câncer. | Foto: Divulgação

    Manaus - O cinema francês está em luto. A atriz Anna Karina, conhecida por seus papéis nos filmes de Jean-Luc Godard e um dos símbolos da Nouvelle Vague, morreu, aos 79 anos, neste sábado (14) em Paris, em decorrência de um câncer. O anúncio foi feito no último último domingo (15) por seu agente, Laurent Balandras, à Agence France-Presse (AFP).

    "Anna morreu ontem em um hospital parisiense vítima de câncer. Ela era uma artista livre e única", lamentou Laurent. Ainda segundo o agente,  o diretor americano Dennis Berry,  marido da atriz,estava com ela na hora da morte. 

    O ministro da Cultura da França, Franck Riester, se manifestou no Twitter sobre a morte. "Hoje, o cinema francês ficou órfão. Perdeu uma de suas lendas", afirmou. 

    A atriz francesa de origem dinamarquesa, tinha rosto pálido e grandes olhos azuis. Também fez carreira no mundo da música, triunfando ao lado do lendário Serge Gainsbourg.

    Anna era um dos símbolos da Nouvelle vague.
    Anna era um dos símbolos da Nouvelle vague. | Foto: Divulgação

    Nouvelle vague 

    Anna era um dos símbolos da Nouvelle vague, ou Nova Onda, um movimento artístico do cinema francês que se insere no movimento contestatório próprio dos anos 1960. A expressão foi lançada por Françoise Giroud, em 1958, na revista L’Express ao fazer referência a novos cineastas franceses.

    Sem grande apoio financeiro, os primeiros filmes conotados com esta expressão eram caracterizados pela juventude dos seus autores, unidos por uma vontade comum de transgredir as regras normalmente aceitas do cinema comercial. 

    Uma das principais características dos filmes da Nouvelle vague era retratar o amor livre e retalhos da vida de personagens típicas da conturbada época da revolução de Maio de 1968.