Fonte: OpenWeather

    Pós Ano Novo


    Público elege show de Jerry Smith o melhor do Réveillon em Manaus

    Amazonenses aproveitam o pós-Ano Novo na orla da praia da Ponta Negra nesta quarta-feira (1º)

    O funkeiro Jerry Smith foi a atração nacional da virada do ano em Manaus | Foto: Mário Oliveira/Semcom

    Manaus - Mais de 200 mil pessoas foram na noite da última terça-feira (31) à praia do Complexo Turístico Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus, para comemorar a chegada do novo ano. Após um evento cheio de atrações para todos os gostos, remanescentes da festança aproveitam a manhã do dia 1º de janeiro de 2020 na praia e elegeram o cantor de funk Jerry Smith como melhor show da noite. Segurança e organização também foram pontos positivos para quem acompanhou o Réveillon. 

    A programação da virada de ano na Ponta Negra teve shows de sete artistas no palco do anfiteatro. The Beatles Bossa Club foi quem deu o pontapé inicial. Em seguida, Grupo Cacildis e Marcos Paulo prepararam o público para a chegada do funkeiro Jerry Smith. Na sequência, Uendel Pinheiro, Guto Lima e DJ May Seven se encarregaram de tocar a festa.

    Silas Barroso, de 24 anos, é morador do bairro Alvorada 3, na Zona Centro-Oeste de Manaus. Para ele, o único empecilho foi o trânsito para chegar ao Complexo. Apesar disso, ele elogiou a organização e a segurança do local tanto à noite quanto pela manhã.

    “Pelo trânsito nós chegamos um pouco atrasados, mas conseguimos ver os fogos. Valeu muito a pena, foi um evento diferente do que a gente estava acostumado. O show do Jerry Smith foi o melhor. O evento é para a gente se divertir, em nenhum momento vi briga nem discussões, os seguranças estão sempre por perto para certificar de que não aconteça nada disso”, completou.

    Silas Barroso, de 24 anos, aproveitou o Reveillón para ver a queima de fogos
    Silas Barroso, de 24 anos, aproveitou o Reveillón para ver a queima de fogos | Foto: Daniel Boechat

    Moradora da Ponta Negra e acostumada a passar as festas de fim de ano em casa, a jovem Natália, de 18 anos, elege a virada para 2020 como a preferida. Segundo ela, os pontos positivos foram a segurança e a organização do evento, que deixaram a noite tranquila para curtir o momento em que o funk entrou em cena.

    "A festa foi realmente muito boa, estava esperando o Jerry Smith e o show dele foi muito bom, assim como o Guto Lima. Eu passava o Ano Novo em casa, com os amigos, mas esse ano na Ponta Negra foi bem legal", disse ela enquanto aproveitava a manhã ensolarada com os familiares.

    Natália, de 18 anos, passou o Ano Novo pela primeira vez fora de casa e destaca Jerry Smith como preferido da noite
    Natália, de 18 anos, passou o Ano Novo pela primeira vez fora de casa e destaca Jerry Smith como preferido da noite | Foto: Daniel Boechat

    Jorge, de 23 anos, veio diretamente de São Paulo de Olivença, município do interior do estado, distante mais de mil quilômetros da capital. Em sua primeira vez em Manaus, o indígena da etnia Tikuna se diz muito feliz em poder conhecer a cidade e também elege Jerry Smith como destaque da noite.

    "É minha primeira vez aqui. Estou com alguns amigos e estou muito feliz. Nunca tinha visto nada assim. Com o Jerry Smith a festa ficou boa depois da meia noite. Conseguimos curtir tranquilo, sem confusão, também não vi muitas garrafas de vidro pelo chão, acho que foi muito legal o que fizeram", disse o estudante de Gestão Ambiental.

    | Foto: Daniel Boechat

    Lixo na praia

    Aproximadamente 100 toneladas de lixo devem ser recolhidas nesta quarta-feira (1°) dos três pontos onde foram realizadas as festas da virada de ano em Manaus. Segundo a Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), só na Ponta Negra são 200 agentes cuidando do processo de limpeza da praia. Todo lixo recolhido será levado para o aterro sanitário.

    | Foto: Daniel Boechat