Fonte: OpenWeather

    Carnaval


    Kamélia chega sábado (4) para abrir oficialmente o Carnaval em Manaus

    A negona será recepcionada no aeroporto Internacional Eduardo Gomes

    | Foto: Divulgação

    Manaus- Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Amazonas, a boneca mais famosa e símbolo do Carnaval de Manaus, a Kamélia chega neste sábado (4), às 21h52, para abrir oficialmente a temporada das folias momescas da capital amazonense.

    Vinda de Salvador, capital da Bahia de Todos os Santos, a negona será recepcionada no aeroporto Internacional Eduardo Gomes, Tarumã, zona Oeste, onde recebe as chaves da cidade e de lá, em carreata, segue para a sede do Olímpico Clube, em Presidente Vargas, zona Centro-Sul, onde dará início a 80ª edição do tradicional "Baile da Chegada da Kamélia".

    Entre as atrações confirmadas estão Rosivaldo e o metais de Olinda, Bateria feminina Salto Fino, Bateria da Vitoria-Regia, Bateria de A Grande Família e uma convidada especial. “Será a grande surpresa da noite, conhecida no carnaval de Manaus”, adianta o presidente do Conselho do Olímpico Clube e presidente da Diretoria do Grêmio Recreativo Escola de Samba Império da Kamélia, Almerinho Botelho. 

    Ingressos e mesas podem ser adquiridos na secretaria do clube, através do telefone: 98466.7774

    80 anos de tradição

    Este ano, a boneca Kamélia está comemorando 80 anos. Sua primeira aparição ocorreu no tradicional Bar Avenida, localizado, à época, na esquina da Av. Eduardo Ribeiro com a Rua Saldanha Marinho, no Centro Histórico de Manaus. Na ocasião, a boneca possuía apenas 75 cm e tinha sido comprada na Bahia por um dirigente do Olímpico Clube, que decidiu levá-la para o Carnaval.

    Em convite especial aos foliões, Almerinho Botelho, conta que a Boneca Kamélia foi criada inspirada na famosa marchinha “Jardineira”, de Benedito Lacerda. 

    Ainda de acordo com Almerinho, o "Baile Chegada da Kamélia" tem a finalidade de manter a tradição dos antigos carnavais de salão. “Em nossos bailes você só dançará ao som de marchinhas, frevos e muito samba”, adianta.

    *Com informações da assessoria