Fonte: OpenWeather

    Oscar 2020


    União e subversão em 'Adoráveis Mulheres', filme indicado ao Oscar

    A quarta adaptação do clássico da literatura americana dirigida por Greta Gerwig tem chance de levar o prêmio de 'Melhor Filme'?

    O filme concorre a seis prêmios, incluindo o principal: 'Melhor Filme'
    O filme concorre a seis prêmios, incluindo o principal: 'Melhor Filme' | Foto: Reprodução

    Manaus - A categoria de “Melhor Filme” do Oscar conta com uma variedade de temáticas nas narrativas, de violência ao drama, e entre eles está o instigante e subversivo “Adoráveis Mulheres”, de Greta Gerwig. O longa conta com um elenco de força, reunindo grandes atrizes renomadas e destaques da nova geração.  

    Trama

    O filme apresenta a vida de quatro irmãs americanas que vivem em um cenário político marcado pela guerra civil, ao mesmo tempo que enfrentam os desafios e limites imposto socialmente às mulheres.

     No entanto, apesar dos percalços, o longa conduz de maneira muito divertida e provocativa o dia a dia das personagens, onde elas convivem dividindo sonhos e transgredindo na medida que podem. “Adoráveis Mulheres” de Greta é a quarta adaptação cinematográfica do clássico de Louisa May Alcott, sendo a última de 1994.

    Cenas do filme
    Cenas do filme | Foto: Divulgação

    Desempenho

    A bilheteria do longa arrecadou US$ 130,9 milhões no mundo inteiro até agora e conta com mais de 11 indicações em outras premiações, como “Globo de Ouro” e “Critics' Choice Awards”.

    Expectativas

    Quanto às expectativas sobre o Oscar, a crítica de cinema Susy Freitas explica que, apesar do grande número de indicações, o filme não venceu nas demais premiações da temporada, e por isso, dificilmente Adoráveis Mulheres vencerá como ‘Melhor Filme’. Entretanto, há esperança, pois, o longa é tido como um dos favoritos na categoria ‘Melhor Roteiro Adaptado’.

    Mesmo depois de 92 anos de premiação, somente 5 mulheres foram indicadas à categoria de 'Melhor Direção'
    Mesmo depois de 92 anos de premiação, somente 5 mulheres foram indicadas à categoria de 'Melhor Direção' | Foto: Reprodução

    Por que não melhor diretora?

    Ainda que tenha recebido 6 indicações, a ausência da diretora Greta Gerwig na categoria “Melhor Direção” foi sentida pelo público e até pela apresentadora dos indicados, Issa Era, que na ocasião comentou “Parabéns para estes homens”, ironizando.

    Esta situação provocou debate e reflexão sobre a falta de representatividade feminina, uma vez que 2019 foi um ano em que muitos filmes dirigidos por mulheres tiveram bilheterias notáveis e foram bem recebidos pela crítica, mas mesmo assim todos os indicados são homens. 

    Em 2017 diversas atrizes se reuniram para denunciar crimes e assédios cometidos por grandes nomes da industria cinematográfica
    Em 2017 diversas atrizes se reuniram para denunciar crimes e assédios cometidos por grandes nomes da industria cinematográfica | Foto: Divulgação

    Mesmo depois de 92 anos desde a primeira edição do prêmio, em 1929, somente 5 mulheres foram indicadas na categoria de “Melhor Direção”, incluindo a própria Greta no ano de 2018 com “Lady Bird”.

    O movimento #MeToo, em 2017, foi responsável por expor crimes de abuso de poder e assédio realizados por grandes nomes da indústria, balançando a hegemonia masculina, mas em menos de 3 anos vemos o predomínio masculino se fazer presente novamente.