Fonte: OpenWeather

    Carnaval 2020


    Bell Marques promete agitar foliões no 'Bloco Vai Safadão', em Manaus

    O cantor e compositor baiano volta à Manaus com repertório da carreira solo neste sábado (8)

    Bell Marques é um dos convidados do bloco de pré-carnaval ao lado de Safadão | Foto: Fábio Cunha/Assessoria

    Manaus - Considerado um dos maiores artistas do axé e samba-reggae, o cantor, compositor, produtor musical e instrumentista baiano Bell Marques desembarca em Manaus, neste sábado (8), ao lado da amazonense Márcia Fellipe para o “Bloco Vai Safadão”.

    O bloco acontece no Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho – Sambódromo de Manaus, localizado na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, Zona Oeste de Manaus.

    Nascido em Salvador – a “capital do Carnaval” –, Washington Marques da Silva, conhecido pelo nome artístico “Bell Marques”, alcançou o sucesso ainda como vocalista da banda “Chiclete com Banana”, vendendo quase 8 milhões de CDs, e agenda disputadíssima. 

    O cantor está ansioso em voltar para Manaus
    O cantor está ansioso em voltar para Manaus | Foto: Fábio Cunha/Assessoria

    Bell Marques é conhecido pelo carisma, irreverência, e forte presença de palco. Quando anunciou a saída do Chiclete, em 2014, foi logo apoiado por artistas como Ivete Sangalo, Claudia Leitte, Durval Lelys, entre outros.

     Os fãs da antiga banda também demonstraram apoio, e se autodenominaram “bellzeiros”, uma nova vertente dos “chicleteiros”, como são conhecidos os fãs do Chiclete.

    O Portal EM TEMPO conversou com o ex-Chiclete Bell Marques sobre a carreira, lançamento do novo single, projetos futuros e o retorno à capital amazonense. Confira.

    EM TEMPO - Nos mais de 60 anos de idade e 40 anos de carreira, suas canções já embalaram muitos carnavais brasileiros. Como você busca inovar a cada ano?

    Bell Marques - Por mais que eu não precise mais provar nada a ninguém, tenha uma carreira consolidada e um repertório muito grande, é natural que exista uma inovação. Não conseguiria ficar parado, apenas repetindo um show atrás do outro. Ter Rafa e Pipo ao meu lado também me traz, naturalmente, esse desejo por novidades. Eles me mantêm jovem e antenado, querendo saber de tudo, mas sem precisar estar preso às demandas do mercado.

    Bell planeja realizar um projeto musical em cruzeiro em março de 2021
    Bell planeja realizar um projeto musical em cruzeiro em março de 2021 | Foto: Fábio Cunha/Assessoria

    EM TEMPO - Com o lançamento oficial do single “Portabilidade” o que você busca contar para os fãs?

    BM - Na minha carreira inteira, sempre cantei o amor, de diversas formas. E acho que essa música é mais uma que, de forma leve e descontraída, estimula o fã a largar aquela história do passado que não acrescenta em nada e partir para um novo amor de verdade. Temos que buscar a felicidade sempre.

    EM TEMPO - Todos os anos você participa ativamente dos blocos e bandas de Carnaval. Após a agenda de shows, quais seus projetos futuros?

    BM - Meu grande próximo projeto será um cruzeiro, o “Vumbora Pro Mar”, em março de 2021. Será um evento mágico, em um “super” navio, com grandes artistas baianos do meu lado.

    Bell Marques saiu do Chiclete com Banana em 2014
    Bell Marques saiu do Chiclete com Banana em 2014 | Foto: Fábio Cunha/Assessoria

    EM TEMPO - Os amazonenses são conhecidos por amarem tanto o período carnavalesco e, com isso, esperam ansiosos ao seu retorno à capital. Como você observa o carinho dos fãs manauaras?

    BM - É sempre uma delícia estar entre os manauaras, realmente é um carinho especial. Acho que a gente fica um tempo sem se ver e a saudade aumenta. Os shows são sempre muito para cima e especiais. Estou ansioso também!