Fonte: OpenWeather

    Surpresa da noite


    Oscar 2020: 'Parasita' faz história e leva o prêmio de melhor filme

    “Parasita" é o primeiro filme de língua estrangeira a ganhar um Oscar de melhor filme em 92 anos

    Parasita fez história no Oscar | Foto: Divulgação

    Em uma conquista histórica, o sul-coreano "Parasita" foi o vencedor do prêmio de melhor filme do Oscar 2020. É a primeira vez que um filme em língua estrangeira conquista o prêmio principal da Academia. 

    O filme de Bong Joon-ho foi também o maior vencedor da noite em número de estatuetas, com quatro no total. Um pouco antes, Bong Joon-ho já havia se surpreendido ao conquistar o prêmio de melhor diretor. Mais cedo, "Parasita" conquistara os prêmios de melhor filme internacional e melhor roteiro original.

    Com a vitória, "Parasita" superou "1917", apontado como favorito ao prêmio principal. O épico de guerra de Sam Mendes ficou três estatuetas, em fotografia, mixagem de som e efeitos visuais.

    Um pouco antes da conquista final, Bong Joon-ho já havia se surpreendido ao subir ao palco novamente para receber o prêmio de direção, superando medalhões de Hollywood como Martin Scorsese e Quentin Tarantino. Ao lado de sua inseparável intérprete (mesmo sendo fluente em inglês), o diretor agredeceu em coreano e prestou homenagem aos concorrentes Martin Scorsese (em um momento que fez a plateia aplaudir de pé) e Quentin Tarantino.

    Na parte final da festa, outro momento emocionante foi o discurso de Joaquin Phoenix. O protagonista de "Coringa" usou seu momento de consagração para fazer um discurso que refletia sobre a luta das minorias e a cultura do "cancelamento".

    "Eu a vida inteira fui uma pessoa egoísta, cruel no trabalho, e sou muito grato aos que me deram uma segunda chance. (...) Isso é o que a humanidade tem de melhor", comentou o ator.

    Mais uma "barbada" foi Renée Zellweger, que levou o prêmio de melhor atriz por "Judy", cinebiografia em que encarna a lendária atriz Judy Garland — que, como ela lembrou, nunca ganhou uma estatueta como adulta, apenas um prêmio juvenil em 1940.

    "Quando celebramos nossos heróis, nós lembramos de quem nós somos como povo. Eu sei que Judy Garland não recebeu esse prêmio em vida, então isso é uma celebração ao legado dela".Uu