Fonte: OpenWeather

    Carnaval 2020


    Exagerou no álcool? Saiba como curar a ressaca de Carnaval

    O Portal EM TEMPO preparou uma lista com dicas do que fazer e o que não fazer para reduzir a ressaca pós-folia

    Confira as dicas de como curar a ressaca do Carnaval | Foto: Reprodução

    Manaus - Se após quatro dias de festa vem aquela sensação de ressaca por conta do exagero de álcool consumido no Carnaval, a única saída agora é tentar minimizar os sintomas desagradáveis. Para enfrentar os danos da bebedeira e curar a ressaca, alimentos leves, antioxidantes, e muita água são as dicas infalíveis dos especialistas.

    Os sintomas da ressaca aparecem quando as enzimas presentes no fígado, que metabolizam o álcool, chamadas de ADH, não conseguem fazer todo o trabalho porque a bebida foi ingerida em excesso.

    O Portal EM TEMPO preparou uma lista com dicas do que fazer e o que não fazer para reduzir a ressaca pós-folia. Confira.

    Hidratação

    O álcool é diurético, ou seja, ele tende a aumentar a quantidade de urina produzida no organismo. Com isso, a pessoa urina mais e elimina mais água do corpo, o que pode desencadear um quadro de desidratação. Por isso, beber bastante água no dia seguinte à ingestão de bebidas alcoólicas ajuda a compensar a desidratação causada pelo excesso de álcool.

    Beber bastante água é o recomendável
    Beber bastante água é o recomendável | Foto: Reprodução

    Além de ajudar na cura da desidratação, a água tem outra função no organismo. Durante o processo de destilação, são adicionados vários componentes às bebidas alcoólicas, e estes contribuem para as costumeiras dores de estômago que acontecem na ressaca. Beber muita água dilui estes componentes no estômago e trato intestinal, melhorando os sintomas de mal-estar abdominal.

    O “truque” da torrada queimada

    Quem nunca ouviu que comer uma torrada queimada quando se acorda de ressaca ajuda a curá-la? Mas, será que essa técnica funciona?

    Segundo especialistas, a torrada queimada filtra impurezas do álcool
    Segundo especialistas, a torrada queimada filtra impurezas do álcool | Foto: Reprodução

    Segundo especialistas da Bibliomed, em alimentos queimados encontra-se carbono, composto que filtra as impurezas presentes na bebida alcoólica. Uma das práticas adotadas em serviços de prontos-socorros para tratar a intoxicação por álcool é a ingestão de compostos de carvão. A torrada queimada funciona como uma versão muito mais leve desse tratamento.

    Café da manhã reforçado

    Comer bem na manhã seguinte a uma bebedeira ajuda na cura da ressaca. Quase qualquer tipo de alimento ajuda a aliviar os sintomas, uma vez que os alimentos dão ao corpo eletrólitos, que são fundamentais ao organismo para evitar e curar a desidratação.

    Mesmo que muitos não consigam comer, é importante fazer esse esforço
    Mesmo que muitos não consigam comer, é importante fazer esse esforço | Foto: Reprodução

    Muitos podem não sentir disposição para comer, mas é importante fazer o esforço, especialmente se tiverem ocorrido vômitos. Refeições leves, com frutas e sucos são ideais.

    Aspirina é aconselhável?

    “Tomar duas aspirinas à noite e duas pela manhã é tiro e queda para ressaca!”. Apesar de ser um medicamento muito eficiente no tratamento da dor de cabeça, a aspirina é frequentemente usada para curar ressacas. Contudo, os especialistas afirmam que a aspirina pode agravar uma gastrite já existente, ou causar outros efeitos colaterais mais sérios, como sangramento gástrico. Em pessoas que não bebem regularmente ou não apresentam quadros de gastrite, as quatro aspirinas podem funcionar muito bem.

    Aspirina é recomendado para pessoas que não costumam beber frequentemente
    Aspirina é recomendado para pessoas que não costumam beber frequentemente | Foto: Reprodução

    Outro medicamento que deve ser evitado em qualquer circunstância é o paracetamol. Quem está de ressaca deve passar longe de medicamentos à base desse fármaco, pois eles podem causar danos ao fígado quando combinados ao álcool.

    Repouso

    Descanse bastante. A maioria das ressacas some dentro de 24 horas. Mesmo que a pessoa se sinta bem na manhã depois de beber muito, os efeitos do álcool são duradouros, e podem reduzir as capacidades motoras, de atenção e de concentração.

    É aconselhável um repouso para diminuir os efeitos do álcool
    É aconselhável um repouso para diminuir os efeitos do álcool | Foto: Reprodução

    Prevenir é o melhor remédio

    A melhor recomendação é beber moderadamente, sem exagerar. Estar com o estômago cheio reduz os efeitos negativos do álcool. Ingerir água durante as doses de bebida alcoólica ajuda a beber menos e diminui a desidratação.