Fonte: OpenWeather

    Homenagem


    David Assayag faz tributo a Arlindo Júnior em live neste domingo (26)

    O imperador vai cantar os sucessos eternizados na voz de Arlindo Jr. A live promete muita emoção

    Arlindo Júnior se consagrou como um dos principais nomes do Festival de Parintins | Foto: Divulgação

    Manaus - Revivendo ritmos eternizados pela voz de Arlindo Jr, um dos principais artistas da cultura amazonense, o levantador de toadas do boi Caprichoso, David Assayag, irá realizar, neste domingo (26), uma live de 3h de duração, em homenagem ao Pop da Selva. A transmissão será realizada às 13h pelas redes sociais oficiais de David Assayag, com uma equipe de músicos reduzida para evitar aglomerações, seguindo recomendações da Organização Mundial de Saúde.

    Em entrevista ao Portal EM TEMPO, David Assayag afirmou que o especial irá reunir 42 sucessos, durante o período em que Arlindo Júnior participou do Festival Folclórico de Parintins. O Pop da Selva foi um dos principais nomes do Festival, atuando como levantador de toadas do Boi-bumbá Caprichoso, de 1989 a 1999, e de 2005 a 2006. Arlindo Júnior também foi apresentador do Boi de 1998 a 2004e novamente em 2014.

    ‘’Nós começamos juntos no Festival Folclórico de Parintins, e tivemos uma relação muito próxima desde o início’’. Apesar de ambos criarem embates entre Caprichoso e Garantido e serem vistos como ‘’rivais’’, David Assayag conta que ele e Arlindo Júnior sempre mantiveram uma amizade forte e a rivalidade não passava dos palcos.

    Assayag relembra que era comum tirarem brincadeiras para aumentar a rivalidade entre as torcidas, mas, nos bastidores, eram como irmãos. ‘’Era divertido ter esses momentos e foi uma grande tristeza para todos nós quando ele partiu’’.

    | Foto: Divulgação

    Homenagem

    Próximo de completar 4 meses da morte de Arlindo Júnior, a live promete ser uma viagem no tempo para homenagear e reviver os grandes momentos de um dos principais nomes do Festival Folclórico de Parintins, que dedicou mais de 30 anosao boi-bumbá.

    ‘’É um prazer enorme interpretar esse artista que deixou um legado importante no Festival. A homenagem é muito merecida’’, afirmaDavid Assayag.

    Arlindo Júnior faleceu dia 29 de dezembro de 2019, em Manaus, após uma longa batalha contra o câncer. Fãs, amigos e familiares sofreram com a perda de um dos ícones da cultura amazonense.

    “Um filme passa por nossas cabeças. Quantas vezes sua voz deu o tom para que a galera explodisse com a toada Pesadelo dos Navegantes na arena do bumbódromo?’’, disse a diretoria do boi Caprichoso, na época.

    David Assayag e Arlindo Júnior em Festival Folclórico de Parintins
    David Assayag e Arlindo Júnior em Festival Folclórico de Parintins | Foto: Divulgação

    Carreira

    Arlindo chegou na ilha tupinambarana para cantar em um aniversário, se apaixonou e não quis mais ir embora. Comandou o programa “Buteco do Arlindo” na Rádio Alvorada, formou sua banda de pagode, foi levantador das primeiras bandas do Boi Caprichoso. Se tornou levantador de toadas e, quando o touro azulado precisou dele, também acumulou a função de apresentador.

    Após 30 anos dedicados ao boi-bumbá, Arlindo Júnior se despediu do Bumbódromo em apresentação fantástica, no Festival de 2019, que emocionou a galera, ao som da toada “Pesadelo dos Navegantes”. Em agosto, Arlindo Júnior recebeu a Medalha Ruy Araújo, maior honraria do parlamento estadual, na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM).

    Arlindo Júnior abraçando o boi Caprichoso
    Arlindo Júnior abraçando o boi Caprichoso | Foto: Divulgação

    Despedida

    A despedida do Pop da Selva passou pelo Bumbódromo de Parintins, palco do Festival Folclórico. Na ocasião, prestou homenagens uma multidão composta de torcedores e diretoria dos bois Caprichoso e Garantido, além de David Assayag, que cantou em homenagem ao amigo. O corpo de Arlindo Júnior foi sepultado no Cemitério São João Batista, em Manaus.