Fonte: OpenWeather

    Perda


    Escritor e compositor Aldir Blanc morre aos 73 anos de Covid-19

    Aldir Blanc estava internado desde o dia 10 de abril

    A filha Isabel, sem recursos para manter o pai internado, chegou a pedir doações
    A filha Isabel, sem recursos para manter o pai internado, chegou a pedir doações | Foto: Divulgação

    O escritor e compositor Aldir Blanc morreu na madrugada desta segunda (4) no Hospital Universitário Pedro Ernesto, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio, após uma infecção generalizada em decorrência do novo coronavírus. Aos 73 anos, Aldir Blanc estava internado desde do dia 10 de abril.

     A filha Isabel, sem recursos para manter o pai internado, chegou a pedir doações para fazer a transferência e o tratamento do artista em uma página de Facebook. 

    O compositor deu entrada no CER Leblon, no dia 10 de abril, com infecção urinária e pneumonia. Ele chegou a ser entubado em uma sala da unidade de saúde por falta de vagas em UTI. Apenas no dia 20, a família conseguiu transferi-lo para um leito de terapia intensiva no Pedro Ernesto.

    Aldir Blanc Mendes nasceu no Estácio, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro, no dia 2 de setembro de 1946. Logo se embrenhou pelos encantamentos das ruas, dos tipos humanos e das manifestações culturais de sua cidade, cultivando suas principais paixões desde cedo: o futebol do Club de Regatas Vasco da Gama, o samba da Acadêmicos do Salgueiro, a vida boêmia, as pequenas e deliciosas histórias do cotidiano, a visão crítica e ácida sobre política e desigualdades sociais, e a poesia, que começou a escrever aos 16 anos.