Fonte: OpenWeather

    Música


    O sucesso de Tearte Duo no cenário musical manauara

    O casal se conheceu durante festival de música na Bolívia e voltou a se encontrar em Nova York. Iniciaram um relacionamento a distância e, em 2014, se casaram, atualmente formam o Tearte Duo

    Com Elis no violino e Timóteo no violoncelo, o casal forma o Tearte Duo
    Com Elis no violino e Timóteo no violoncelo, o casal forma o Tearte Duo | Foto: Divulgação

    Manaus - A Tearte Duo vem recebendo atenção no cenário cultural manauara com as apresentações on-line que realiza em meio à quarentena. Em entrevista ao Portal EM TEMPO, o amazonense Timóteo Esteves compartilhou sobre o início do projeto com a esposa Elis Green e o andamento da carreira musical.

    Timóteo e Elis casaram-se em 2014, e ambos já tinham vasta atuação no cenário cultural do Brasil. Juntos, eles formaram o Tearte Duo em 2015, e Timóteo explicou que o nome escolhido carrega dois significados, representa os valores e fundamentos da música e arte que fazem. O de tear, tecer sons e Timóteo e Elis + Arte, surgindo, assim, o Tearte Duo.

    ‘’Nós sempre tivemos muitas ideias de projetos musicais, culturais e educacionais, mas precisávamos começar de algum ponto. Percebendo o espaço na cena cultural de Manaus, e incentivados pela família e por um casal de amigos padrinhos, criamos a Tearte Produções Musicais’’, esclarece Timóteo.

    Tirando os projetos do papel, iniciaram o Tearte Duo, com violino e violoncelo que mescla o contemporâneo com o clássico, estilo conhecido como crossover, atuando em eventos e festivais.

    Elis e Timóteo se conheceram durante festivais de música
    Elis e Timóteo se conheceram durante festivais de música | Foto: Divulgação

    Lives

    O casal tem atividade marcada para toda sexta, às 20h pontualmente: através do Instagram e do Facebook, realizam toda semana um show em formato de live. Uma das apresentações mais recentes atraiu diversos fãs da série La Casa de Papel, onde o Tearte Duo interpretou a trilha sonora do sucesso da Netflix. A primeira live que eles realizaram foi no dia 3 de abril, como forma de alegrar as pessoas que estavam em casa. ‘’Infelizmente sofremos perdas na classe musical causadas pela pandemia e o clima ficou muito triste entre amigos e familiares. Por essa razão resolvemos usar o que a gente tem pra alegrar os nossos ânimos e o das pessoas que nos assistissem e ouvissem: a música’’, revela Timóteo.

    Com melodias do repertório do Tearte Duo e bate-papo com o público, Timóteo afirma que a experiência deu bons resultados, e ambos decidiram continuar com o projeto digital. “A cada semana saímos mais felizes e renovados. Inclusive temos recebido propostas e sendo contratados para realizar pocket shows, especialmente para comemorações e eventos de forma digital’’.

    Timóteo e Elis planejam continuar com as lives, e se animam para outros projetos. Recentemente, reativaram o canal no Youtube, onde produzem todas as etapas dos vídeos, como arranjos, interpretação musical, gravação, direção e edição. “Nesse momento, procuramos pensar fora da caixa para continuar trabalhando no que mais amamos’’.

    Carreiras

    É possível dizer que a música uniu o casal. Timóteo e Elis se conheceram em 2010, enquanto tocavam junto em um festival na Bolívia. Em 2011, voltaram a se encontrar, desta vez em Nova York, se apresentando na Broadway e Carnegie Hall.

    Na época, Elis era professora de violino numa ONG na cidade de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro e tocava na Orquestra Sinfônica Mariuccia Iacovino, pertencente à Academia de Orquestras e Coros Sinfônicos do Brasil, que realiza concertos em festivais e turnês anuais.

    Casal caracterizado para live com trilha de La Casa de Papel
    Casal caracterizado para live com trilha de La Casa de Papel | Foto: Divulgação

    Timóteo Esteves relembra que atuava como professor no Liceu de Artes Claudio Santoro e violoncelista na Orquestra Amazonas Filarmônica. ‘’Sendo indicado como violoncelista representante do Amazonas, fui convidado pela produção do projeto a participar do Festival Del Sol na Bolívia em 2010, em que Elis também era violinista’’, relembra. Mas somente na turnê para os Estados Unidos, em 2011, onde se apresentaram em palcos como United Palace na Broadway e o Carnegie Hall, que os dois acabaram se aproximando.

    ‘’No retorno da viagem, o avião com escala em Miami sofreu um problema técnico e o voo foi cancelado, então pudemos conversar mais’’. O pedido de namoro de Timóteo ocorreu de forma diferente: Ele, em Manaus, e ela no Rio de Janeiro, firmaram o namoro de forma digital, e viveram um relacionamento a distância até 2014, quando casaram e Elis se mudou para Manaus.

    Com a missão imposta pelos dois de produzir música e cultura, eles iniciaram o Tearte Duo, e, desde então, seguem juntos empreendendo, produzindo e compondo de forma artesanal e com carinho.