Fonte: OpenWeather

    Dia das Mães


    Mães e filhas compartilham o amor pela arte em Manaus

    Atuando juntas em meio ao cenário cultural, mães e filhas compartilham interesses em comum

    Famílias atuam junta em meio ao canto e cenário geek
    Famílias atuam junta em meio ao canto e cenário geek | Foto: Divulgação

    Manaus - Com a convivência e o dia a dia, é comum que filhos herdem alguns traços da personalidade, gostos e hobbies dos pais. Isso acontece principalmente com quem cresce em meio à arte. É o caso das cantoras amazonenses Tatá Jatobá e Márcia Siqueira, que foram incentivadas pelas mães a seguirem a carreira artística.

    Em entrevista ao Portal EM TEMPO, Tatá Jatobá compartilhou que cresceu no meio musical. Filha de uma cantora e de um flautista, o cenário cultural foi apresentado a ela desde cedo. “Sempre vi os dois nos palcos, e achava incrível. Tanto que comecei com 7 anos a estudar música’’, afirma a cantora.

    Estudando piano clássico e canto, Tatá participou também da banda em que o pai tocava, até iniciar a carreira como cantora de blues e jazz aos 17 anos. Em seguida, foi para a Música Popular Brasileira (MPB), e, atualmente, com 39 anos, ela canta samba.

    Tatá se orgulho do interesse que as filhas demonstram pela arte
    Tatá se orgulho do interesse que as filhas demonstram pela arte | Foto: Divulgação

    “Sempre foi algo muito natural para mim, e é isso que tento passar para minhas filhas’’, lembra Tatá, que é mãe de 3 crianças: uma de 13 anos, uma de 7, e a caçula com 1 ano e 7 meses.

    "Como elas também cresceram no meio musical, é normal que se interessem. Nós sempre apoiamos quando isso acontece, mas sem forçar nada’’, afirma a cantora. A filha mais velha de Tatá é a que mais se interessa por música, de acordo com a mãe. Elas já chegaram a gravar alguns vídeos juntas por diversão.

    “Nada muito profissional, só cantamos em casa. Vejo que isso deve ser algo divertido para ela, e gostaria muito que um dia seguisse carreira no ramo, mas um passo de cada vez’’.

    Além de uma relação de amizade, mãe e filha compartilham também vida profissional, junto ao amor pela música.

    Márcia Siqueira e a filha Letícia Siqueira cantam juntas
    Márcia Siqueira e a filha Letícia Siqueira cantam juntas | Foto: Divulgação

    Uma das vozes femininas mais conhecidas no Amazonas, Márcia Siqueira também começou jovem no cenário cultural por incentivo da mãe. Apesar de não ser profissional, a mãe iniciou aulas de canto ao ver o entusiasmo de Márcia, e ensinou a artista no processo.

    Hoje, Márcia Siqueira é uma das artistas mais renomadas do gênero musical nortista. Apaixonada pela música e outras artes, a cantora também incentiva as cinco filhas no meio cultural, performando em apresentações com as meninas.

    Uma arte diferente

    Não são somente os filhos que herdam paixões dos pais: a cosplayer Solange Amorim, de 54 anos, aprendeu com a filha a arte de se fantasiar como os personagens favoritos de desenhos animados, quadrinhos, séries, filmes e outros do universo de entretenimento e da cultura pop. O hobby é chamado de cosplay.

    “Meus filhos sempre gostaram de animes. Em 2012, levei minha filha Jéssica a um evento geek e lá ela conheceu o cosplay, se apaixonou e começou a se caracterizar. Em 2015, eu também comecei a me fantasiar’’, compartilha Solange.

    Próxima e amiga dos filhos, a cosplayer conta que sentiu receio quando iniciou o hobby, mas sempre recebeu apoio. “Já chegamos a participar de concursos de cosplay juntas, e fui bem acolhida pelos jovens’’.

    Solange teve o apoio dos filhos com o novo hobby
    Solange teve o apoio dos filhos com o novo hobby | Foto: Divulgação

    Dia das mães

    Acostumada a ter a família por perto, Solange conta que a comemoração do Dia das Mães será um pouco diferente este ano. Com a impossibilidade de realizar festa, ela e filha moram no mesmo bairro, mas, por saúde, preferiram celebrar o dia especial de outra forma. “Conversamos todos os dias, por vídeochamada, por mensagens, e, no Dia das Mães, não será diferente’’, garante Solange.

    Os planos da cantora Tatá Jatobá não são diferentes. Para comemorar com os pais e irmãos, e mesmo assim preservar a saúde da família, pretende se reunir por chamada de vídeo no domingo especial. “Como tenho minhas filhotas em casa também, quero passar esse dia agarradinha com elas’’, afirma Tatá.