Fonte: OpenWeather

    Regional


    Fotógrafo amazonense vende artes inspiradas no Festival de Parintins

    Felipe Andrew produz artes com temas regionais para ganhar uma renda em meio à pandemia

    Artes com temas do Boi Caprichoso e da Catedral de Parintins
    Artes com temas do Boi Caprichoso e da Catedral de Parintins | Foto: Divulgação

    Manaus - Para fugir da crise, o fotógrafo manauara Felipe Andrew, de 25 anos, utilizou a criatividade para gerar renda: com um projeto de manipulação fotográfica, Felipe vende artes com temáticas amazonenses, a principal sendo o Festival Folclórico de Parintins.

    Com inspiração na cultura regional, Felipe decidiu retratar de forma surrealista o boi-bumbá Caprichoso, que pode ser adquirido em lona fosca, com medidas de 50 x 70, e está com uma arte para o boi-bumbá Garantido em andamento. “O Festival é um conteúdo diverso e bem artístico. Eu sou imparcial em relação aos dois bois, mas sei que são queridos por muita gente”, diz o fotógrafo.

    Além dos bois-bumbás, Felipe também se mantém aberto a outros pedidos de manipulação, atividade em que tem experiência de 5 anos. “As artes em questão são manipulações feitas pelo Photoshop, programa que estudei em 2015, e desde então fui me especializando’’, afirma Felipe.

    A ideia de vender as artes surgiu como alternativa à impossibilidade de executar ensaios fotográficos. Com ocupação principal de fotógrafo, Felipe teve todos os eventos cancelados devido à pandemia do novo coronavírus, e buscou outros meios de trabalhar.

    “É um momento difícil para todos, mas fiquei feliz pela recepção positiva que tive em relação às obras”, comemora o fotógrafo.

    O trabalho de Felipe pode ser conferido pelo Instagram, e para encomendar ou solicitar artes, o fotógrafo disponibilizou o número (92) 99225-7063.