Fonte: OpenWeather

    Perda


    Cantora britânica Vera Lynn morre aos 103 anos

    O maior sucesso da cantora, que começou a carreira aos sete anos, foi "We'll meet again", de 1939

    Lynn ficou famosa por ter levantado o moral das tropas britânicas durante a Segunda Guerra Mundial
    Lynn ficou famosa por ter levantado o moral das tropas britânicas durante a Segunda Guerra Mundial | Foto: Divulgação

    A cantora britânica Vera Lynn, conhecida por ajudar a manter o ânimo dos soldados durante a Segunda Guerra Mundial, morreu aos 103 anos. Lynn ficou famosa por ter levantado o moral das tropas britânicas durante a Segunda Guerra Mundial, viajando até o Egito, Índia, ou Mianmar, para se apresentar aos soldados.

    "A família está profundamente triste ao anunciar o falecimento de uma das artistas mais amadas da Grã-Bretanha, aos 103 anos", afirma um comunicado.

    O maior sucesso da cantora, que começou a carreira aos sete anos, foi "We'll meet again", de 1939. Composta por Ross Parker e Hughie Charles, a canção se tornou especialmente popular entre soldados britânicos da Segunda Guerra que ansiavam voltar para casa.

    Kubrick e Pink Floyd

    A canção deu nome a um filme de mesmo nome em 1943, com Lynn no papel principal, e se manteve uma referência cultura para artistas britânicos ao longo do séxulo XX. Stanley Kubrick usou a música como trilha da cena final de sua comédia "Dr Fantástico".

    Em 1979, a cantora viraria título de uma música do Pink Floyd, no álbum "The Wall". Entre os temas tratados no álbum conceitual, está o trauma da morte do pai de Waters, na Segunda Guerra.

    Recentemente, a canção foi resgatada durante o confinamento contra o coronavírus no Reino Unido. Em março, pouco antes de completar 103 anos em plena pandemia, Lynn incentivou a população a recuperar "o mesmo espírito que tivemos durante a guerra".

    A rainha Elizabeth II citou o título da famosa canção durante um discurso em abril para dar esperança aos britânicos confinados: "Dias melhores virão, reencontraremos nossos amigos, reencontraremos nossas famílias, nós vamos nos encontrar de novo", disse a monarca.

    A população britânica foi convidada a cantar "We'll Meet Again" em maio para recordar o 75º aniversário da rendição da Alemanha nazista.